Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Rossi motivado por passos em frente e Hayden encontra solução tardia

Rossi motivado por passos em frente e Hayden encontra solução tardia

O piloto da Ducati Team qualificou-se em sexto para o Cardion ab Grande Prémio da República Checa, em Brno, com o companheiro de equipa Hayden em nono.

Algumas alterações à posição de pilotagem trouxeram dividendos para Valentino Rossi neste sábado, em Brno, com o italiano a qualificar-se na segunda linha da grelha para a corrida de domingo, em sexto, o seu melhor resultado ano até ao momento.

“A sexta posição não é nada de fantástico, mas estou contente porque trabalhámos melhor durante o treino e conseguimos reduzir a diferença para a frente de forma gradual,” disse o piloto da Ducati, que terminou a sessão de 60 minutos a 0,776s da pole de Dani Pedrosa. “Estar na segunda linha é um bom início porque é a nossa melhora qualificação da época até ao momento e porque também não estamos longe das Honda e Yamaha.”

Ele continuou: “Fizemos algumas alterações à moto hoje com a frente e a minha posição de pilotagem e sinto-me melhor, posso puxar mais á entrada em curva. Gostei do dia de hoje. Ainda temos alguns problemas que temos resolver com a aceleração e o escorregar, pelo que se conseguirmos resolver isto amanhã talvez tenhamos uma boa corrida.”

Depois de um treino molhado durante a manhã a classe contou com tempo seco na qualificação e Rossi acrescentou: “Espero que amanhã esteja seco porque o tempo não parece estar fantástico. Penso que vamos optar pelo traseiro macio e temos algumas alterações para melhorar a aderência traseira e velocidade de mudança de direcção, vamos ter o testar amanhã de manhã.”

Do outro lado da box da Ducati Team Nicky Hayden vai partir da terceira linha depois de ter assinado o nono tempo e encontrado uma solução no quarto final da qualificação.

“No final foi muito melhor que esta manhã, a chuva afectou-nos porque precisávamos de tempo para encontrar algumas coisas no seco depois de ontem não termos conseguido andar em frente,” disse Hayden. “Na chuva a moto está muito boa, esteve sempre nos cinco primeiros sem grande trabalho. Mas depois na qualificação foi o contrário, estive sempre atrás, mas a 15 minutos do final encontrámos algo e consegui rodar mais forte. Sei que amanhã vai ser um dia longo e duro. Vamos ver se o conseguimos tornar mais fácil durante a manhã.”

No que toca à escolha de pneus Hayden disse: “Parece que vamos com os frontais duros e traseiros macios. Testei o traseiro duro ontem à tarde, mas não nos dá aderência suficiente, especialmente do lado esquerdo. O duro não tem sido uma opção para nós nas últimas corridas, mas o macio está a funcionar bem e fizemos muitas voltas com ele, pelo que não esperamos problemas. Estou a perder muito tempo em algumas das curvas longas e um pouco na primeira chicane; espero fazer melhor amanhã.”

Tags:
MotoGP, 2011, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Valentino Rossi, Nicky Hayden, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›