Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa lidera dobradinha da Repsol Honda nos livres de Brno

Pedrosa lidera dobradinha da Repsol Honda nos livres de Brno

A Repsol Honda Team voltou à pista hoje para a primeira sessão de livres em Brno em preparação para o Cardion ab Grande Prémio da República Checa, 11ª jornada do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2011.

Os pilotos mostraram estar frescos depois da paragem de Verão, especialmente Dani Pedrosa que assinou o melhor tempo em ambas as sessões de treinos e registou como melhor volta a marca de 1m56,328s, apenas dois décimos mais lento que o recorde da pole de Rossi, de 2009 (1m56,145s), e já bem dentro do recorde da melhor volta do traçado (Lorenzo 2009, 1m56,670s). Casey Stoner, actual líder da classificação, terminou o dia em segundo e Andrea Dovizioso em quinto.

Pedrosa entrou logo no ritmo desde a primeira ida para a pista durante a manhã e foi o único a rodar no segundo 56 na primeira sessão. O espanhol tinha boa base de trabalho para começar e que remonta à prova do ano passado e mostrou estar em melhor condição física.

Em FP2, Casey Stoner conseguiu entrar no segundo 56 depois de resolver alguns dos problemas da manhã. Ele vai continuar a trabalha com a equipa para encontrar mais aderência e melhor entrada em curva.

O dia de Andrea Dovizioso foi marcado por problemas de afinação e de travagem do motor partido. Ele e a sua equipa vão estudar os dados durante a noite para tirarem todo o partido de FP3.

Dani Pedrosa:
"Hoje as sensações foram muito boas desde o início. A moto trabalhou bem desde a primeira ida para a pista e conseguimos andar em frente, melhorando aos poucos em ambas as sessões. Penso que a grande diferença que senti foi estar fresco depois das férias, o descanso que tive ajudou muito e sinto uma energia que não tinha nas corridas antes da paragem de Verão, pelo que espero manter o ritmo no sábado e estar forte para a corrida de domingo. Estou muito contente com o trabalho efectuado em ambas as sessões e penso que podemos melhorar ainda mais e estar prontos para a qualificação e corrida. Creio que os outros rivais vão fazer o mesmo, pelo que temos de manter a concentração. Hoje rodei sozinho quase todo o tempo, talvez amanhã possa comparar melhorar com os outros e ver onde estão mais fortes, ou fracos que eu.”

Casey Stoner:
"Para ser honesto, o dia não foi positivo, parece que tivemos um início de fim-de-semana semelhante ao de Laguna e não estamos certo quanto à direcção a seguir neste momento. As sensações com a frente são muito vagas, a nossa entrada em curva não é boa. Também temos de encontrar um pouco mais de aderência traseira, estou a lutar no limite do pneu e à saída da curva. Temos um longo caminho a percorrer antes de me sentir contente com a afinação e há muitas áreas que podemos melhorar, por isso amanhã vamos continuar a testar muitas coisas diferentes nas duas motos e preparar a qualificação da melhor forma possível."

Andrea Dovizioso:
"Hoje lutámos muito com a travagem do motor. Usámos esta travagem do motor pela primeira vez no teste de Mugello, após o GP, e temos vindo a usá-la desde então. Ajuda muito, mas tem uma afinação difícil e hoje lutámos muito para encontrarmos o melhor acerto. Perdemos tempo e não conseguimos fazer muitas voltas. Na última volta tentei puxar mesmo sem me sentir confortável com a afinação. Estou um pouco aborrecido porque podia estar mais rápido e não estou satisfeito com o quinto tempo. Agora vamos estudar os dados e depois vamos decidir que direcção seguir. Espero que amanhã o tempo continue seco como hoje; acredito que podemos melhorar."

Comunicado de imprensa Repsol Honda.

Tags:
MotoGP, 2011, CARDION AB GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso, Casey Stoner, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›