Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Duelo no topo de Moto2 continua no Brickyard

Duelo no topo de Moto2 continua no Brickyard

Stefan Bradl e Marc Márquez continuam a ser os dois homens a bater no topo do Campeonato do Mundo de Moto2, com o germânico a contar com 43 pontos de vantagem sobre o rival espanhol na classificação.

A categoria de Moto2 continua a ser uma caixa de surpresas onde Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) e Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) continuam a lutar por triunfos enquanto mantêm olhar atento nos progressos um do outro, com o germânico a liderar com 43 pontos de margem sobre o rival espanhol.

Márquez cruzou a linha de meta à frente de Bradl, em Brno, mas a consistência deste último ao longo do ano tem sido a receita para a liderança da classificação. Ambos estiveram no pódio na República Checa, mantendo fortes resultados, mas foi Andrea Iannone (Speed Master) que levou a corrida de vencida, dando continuidade à recuperação de um início de época que o fez ficar de fora da lista de candidatos ao título.

Com Bradl e Márquez algo distanciados dos demais, a luta pelo terceiro lugar no Campeonato está a revelar-se muito interessante, com Alex de Angelis (JiR Moto2) a liderar o grupo. A vitória de Iannone levou-o de volta à luta ao lado do compatriota italiano Simone Corsi (Ioda Racing Project) e o suíço Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2).

O estreante inglês Bradley Smith (Tech 3 Racing) sofreu a desilusão de duas desistências seguidas após impressionante sequência de três pódios e estará desejoso a voltar ao grupo da frente. Yuki Takahashi (Gresini Racing) ainda está em busca da forma que o levou ao pódio em Portugal e França e os progressos do estreante Randy Krummenacher (GP Team Switzerland Kiefer Racing) têm sido impressionantes nas últimas jornadas, isto apesar da queda em Brno. Julián Simón (Mapfre Aspar) espera que a semana completa para recuperar da lesão lhe dê a possibilidade de lutar em Indianapolis, onde foi seguindo na corrida de Moto2 do ano passado.

Aleix Espargaró (Pons HP 40) está prestes a fazer o 100º Grande Prémio da carreira em todas as classes neste fim-de-semana, enquanto a participação americana na classe de Moto2 será triplicada em Indy. Ao lado de Kenny Noyes (Avintia-STX) estará JD Beach, que entra para o Campeonato do Mundo a tempo inteiro pela Aeroport de Castello, enquanto Jake Gagne vai rodar como wild card aos comandos de uma FTR da GP Tech.

Tags:
Moto2, 2011, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›