Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Casey Stoner à frente do pelotão na manhã de sábado

Casey Stoner à frente do pelotão na manhã de sábado

O australiano assinou o melhor tempo da manhã aos comandos da sua Repsol Honda antes da qualificação desta tarde com vista ao Red Bull Grande Prémio de Indianapolis, com Spies e Pedrosa de nova na cola de Stoner com os segundo e terceiro tempos, respectivamente.

Sob condições mais frestas e com melhor aderência que no dia anterior, a categoria rainha voltou a baixar os tempos, com Ben Spies (Yamaha Factory Racing) a ser o primeiro a quebrar a barreira do segundo 40 volvidos 20 minutos de treino. O texano foi seguido quase de imediato por Casey Stoner (Repsol Honda), cujo tempo de 1m39,538s se manteve como o melhor de FP3. Spies ainda melhorou a sua marca inicial para 1m39,670s para terminar atrás do australiano pela segunda vez no fim-de-semana.

Dani Pedrosa, da Repsol Honda, foi o terceiro e último a rodar no segundo 39 ao rodar em 1m39,896s na sua 18ª volta. Atrás do espanhol ficou Marco Simoncelli (San Carlo Honda Gresini Team) com 1m40,301s e Andrea Dovizioso (Repsol Honda), a 0,025s de Simoncelli, em quinto.

O sexto melhor de FP3, com 1m40,438s, foi o americano Colin Edwards com a sua Monster Yamaha Tech 3. O texano terminou com um décimo de vantagem sobre Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing), sétimo, dois décimos à frente de Valentino Rossi (Ducati Team). O tempo de Rossi de 1m40,698s foi conseguido na última volta e fez do italiano o melhor piloto da Ducati, com o companheiro de equipa Nicky Hayden a terminar em 11º.

Álvaro Bautista (Rizla Suzuki) teve saída de pista e foi ajudado pelos comissários a sair da gravilha para voltar à pista. O espanhol assinou um tempo de 1m40,916s para terminar em décimo.

Tags:
MotoGP, 2011, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX, FP3

Outras actualizações que o podem interessar ›