Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Do calvário de Indianapolis ao GP em casa

Do calvário de Indianapolis ao GP em casa

Depois do sofrido Grande Prémio de Indianapolis Marco Simoncelli encontrará em Misano o ambiente mais indicado para esquecer o fim-de-semana americano.

O circuito, de atmosfera familiar, fica apenas a alguns quilómetros de casa de "Super Sic" e isso deverá contribuir para encontrar os argumentos que o levaram ao pódio em Brno. Os problemas encontrados ao longo do fim-de-semana americano não foram resolvidos a tempo da corrida, mas com o dados recolhidos a equipa não deverá demorar a descobrir a solução para os contratempos, caso estes se voltem a repetir.

É certo que Marco vai atravessar o Atlântico para correr num circuito que não é dos seus preferidos, mas com a motivação de estar a correr em casa o italiano vai fazer tudo para dar aos seus fãs motivos de festejar e já se sabe que Simoncelli o deverá com o seu habitual entusiasmo. Já Hiroshi Aoyama, motivado pelo resultado obtido em Indy, está determinado a fazer ainda melhor com o objectivo de apresentar boa recta final ao seu campeonato.

Marco Simoncelli:
"Indianapolis foi difícil. No warm up tive sensações melhores, mas isso deveu-se às temperaturas mais baixas do asfalto. Depois, na corrida, com as temperaturas na ordem dos 50ºC, foi um desastre. Gostei das cinco primeiras voltas, mas foi muito pena. Espero inverter a situação em Misano, divertir-me durante toda a corrida e conseguir chegar ao final da prova com as mesmas sensações que tive durante as cinco primeiras voltas em Indy. É esse o meu objectivo e vou dar tudo para o concretizar por mim e, em especial, pelos fãs. Misano nunca foi um traçado que me desse muitas alegrias, mas há sempre uma primeira vez. Não é um dos meus traçados preferidos, mas a motivação é grande e vou dar o meu melhor. A minha casa fica a alguns quilómetros da pista e a atmosfera vai certamente dar-me força."

Hiroshi Aoyama:
"Não fiquei totalmente satisfeito com o resultado de Indianapolis. Fiquei contente por ter encontrado as sensações certas na corrida e por estar em boa condição física, mas tenho pena de não conseguido uma boa partida; se o tivesse conseguido acredito que teria terminado melhor. Misano é uma pista de características totalmente diferentes, muito técnico. As sensações de domingo levam-me a crer que posso estar muito bem em Itália. Adoraria dar um bom resultado à equipa, já que a sede fica muito perto do traçado."

Comunicado de imprensa San Carlo Honda Gresini.

Tags:
MotoGP, 2011, GP APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Marco Simoncelli, Hiroshi Aoyama, San Carlo Honda Gresini

Outras actualizações que o podem interessar ›