Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Repsol Honda Team ao rubro em Misano

Repsol Honda Team ao rubro em Misano

A Repsol Honda Team iniciou o Grande Prémio Aperol de São Marino e da Riviera de Rimini em boa forma cinco dias após a corrida de Indianapolis num traçado muito diferente, mas com tempo semelhante.

Casey Stoner, o actual líder do Campeonato do Mundo de MotoGP, e Dani Pedrosa, vencedor da corrida do ano passado em Misano, entraram logo no ritmo e terminaram o dia de treinos livres nas segunda e terceira posições, respectivamente, enquanto Andrea Dovizioso foi sexto em casa.

Stoner e Pedrosa rodaram abaixo do recorde do traçado (1m34,340s assinado por Pedrosa em 2010), com o australiano a bater a marca em FP1 com 1m34,005s e o espanhol em FP2 com 1m34,205s. Dovizioso vai trabalhar com a sua equipa e analisar os dados de ambas as sessões para compreender onde está a perder tempo.

O três pilotos da Repsol Honda compararam as prestações dos compostos macio e duro dos pneus Bridgestone. Tal como em Indy, este será um factor chave para levar a corrida de 28 voltas até ao final.

Casey Stoner:
"Demos um bom passo esta manhã, as sensações foram boas e moto trabalhou bem. Testámos algumas coisas esta tarde, mas tive um pequeno problema com ar nos travões que me fez perder tempo. Depois fizemos a distância da corrida com pneu macio e obtivemos bons dados, estamos com tempos razoavelmente competitivos, mas ainda não o bastante; vamos trabalhar esta noite para prepararmos amanhã. Ainda tenho de tornar a moto um pouco mais confortável a meio da curva e à saída no que toca à tracção e direcção. Se conseguirmos melhorar estas áreas acredito que podemos também melhorar muito o tempo por volta."

Dani Pedrosa:
"Começámos bem de manhã, senti-me muito confortável no início, mas de tarde não melhorámos tanto como gostaríamos. Quando o motor do Bautista partiu à minha frente pensei que a pista ia ficar suja, pelo que fiz algumas voltas para o comprovar e perdi tempo e ritmo. Temos de continuar a trabalhar na suspensão para conseguirmos melhor tracção e estabilidade em travagem, pelo que nos vamos concentrar nisso amanhã. Testei os dois compostos de pneus, o duro só durante a tarde, e ainda não sabemos qual vamos usar."

Andrea Dovizioso:
“Hoje trabalhámos na afinação geral da moto e de tarde fizemos algumas alterações à traseira, mas não conseguimos os resultados desejados. Temos de continuar a trabalhar na afinação para reduzir problemas na frente e traseira. Esta pista é lenta, mas com muitas zonas de travagem forte e de grande aceleração, pelo que ainda temos de analisar os dados para compreender onde estou a perder tempo. Esteve muito calor, mas as condições da pista estavam boas. Rodámos com os compostos macio e duro e senti-me bem na moto, agora a primeira coisa a fazer é estudar os dados e avaliar a melhor direcção a seguir para prepararmos a qualificação e corrida. Acredito que podemos reduzir a diferença para os da frente.”

Comunicado de imprensa Repsol Honda.

Tags:
MotoGP, 2011, GP APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, Dani Pedrosa, Andrea Dovizioso, Casey Stoner, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›