Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Spies garante linha da frente em Aragón

Spies garante linha da frente em Aragón

O piloto da Yamaha Factory Racing Ben Spies teve muito boa prestação na qualificação de hoje para o Grande Prémio de Aragón, assegurando a terceira posição da grelha e a presença na linha da frente para a corrida de amanhã.

Spies melhorou de forma consistente ao longo do fim-de-semana, coincidindo com a melhoria da aderência da pista do circuito espanhol. Uma pequena queda no final da sessão alargada de treinos da manhã não teve qualquer consequência, com o texano a terminar na sexta posição, a 1,104s do primeiro. Uma alteração na afinação a meio da qualificação deu-lhe novo alento, acabando por conseguir chegar ao terceiro posto, diminuindo a distância para a pole para 0,704 segundos.

O Campeão do Mundo Jorge Lorenzo fez as melhores marcas já no final da sessão, durante a qual se debateu com problemas de aderência. Vai partir para a corrida de domingo na quarta posição, a 0,819s do tempo de Casey Stoner, o homem da pole. O maiorquino não ficou muito contente com o resultado e irá continuar a trabalhar durante a tarde com a sua equipa para tentar melhorar durante o warm up de domingo de manhã.

Ben Spies:
“Todo o fim-de-semana tem sido bastante bom para mim, estou muito contente. Esta manhã lutámos um pouco, mas a mota está a trabalhar mesmo bem. Revimos algumas coisas e tentámos encontrar a melhor solução. Descobrimos isso a 30 minutos do final da qualificação e com os pneus de corrida fomos os terceiros ou quartos mais rápidos. Quando colocámos os pneus moles conseguimos ser ainda mais rápidos e chegar à primeira linha da grelha. A equipa fez um trabalho fantástico para colocar a mota como está agora, só não conseguimos ser suficientemente rápidos para chegar aos dois pilotos da frente. Vamos tentar e desafiar o pódio amanhã”.

Jorge Lorenzo:
“O ano passado lutámos aqui e estamos outra vez a lutar este ano, talvez ainda mais. Tivemos muitos problemas de aderência na parte de trás da mota, não estamos a conseguir ter tracção suficiente para sermos mesmo rápidos. Amanhã, penso que o máximo que pudemos conseguir é o terceiro lugar no pódio, a menos que algo de muito estranho aconteça, mas esse é o objectivo que temos. As rectas longas não são o melhor para nós, mas nas curvas também estivemos um pouco lentos, por isso temos de arranjar alguma coisa”.

Comunicado de imprensa da Yamaha Factory Racing

Tags:
MotoGP, 2011, GRAN PREMIO DE ARAGÓN, Jorge Lorenzo, Ben Spies, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›