Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Yamaha ruma a casa com ambos os pilotos preparados para excitante corrida

Yamaha ruma a casa com ambos os pilotos preparados para excitante corrida

O paddock de MotoGP chega ao Japão esta semana para a 15ª jornada do Campeonato do Mundo de 2011 no circuito de Twin Ring Motegi.

O Campeão do Mundo Jorge Lorenzo tem apenas mais quatro corridas para reduzir a diferença para o líder da classificação Casey Stoner, actualmente com 44 pontos de vantagem. Lorenzo não é um estranho ao pódio de Motegi depois de ter ganho em 2009. Em 2010 falhou os três primeiros por pouco na sequência de intensa batalha com o então companheiro de equipa Valentino Rossi, que resultou no quarto lugar para o espanhol.

Ben Spies chega a Motegi para a sua segunda corrida de MotoGP no Japão. No ano passado o texano apresentou uma prestação fantástica ao ultrapassar vários rivais depois de ter perdido algumas posições ao alargar a trajectória na segunda volta para evitar o contacto com outro piloto. Spies recuperou de 15º para terminar em oitavo.

Desenhado em 1997 como traçado de testes, Motegi tem um desenho algo geométrico. O piso oferece bons níveis de aderência sem ser demasiado abrasivo, mas o número de curvas feitas em segunda velocidades faz com que a travagem e a aceleração sejam os aspectos principais para um tempo rápido. Como parte do 50º Aniversário da Yamaha nos Grandes Prémios a equipa de fábrica vai novamente rodar com a decoração especial ‘YZR-M1 WGP50th Anniversary Edition’ ao longo do fim-de-semana.

Jorge Lorenzo:
“O Japão é a corrida em casa da Yamaha e é sempre um prazer corrermos lá. Motegi é uma pista onde já venci e no ano passado tive uma boa luta pelo pódio. Gostava de voltar a ganhar aqui, pelo que é o principal objectivo para o fim-de-semana. Depois de toda a confusão com Fukushima, finalmente estamos aqui, prontos e em forma para apresentarmos um bom espectáculo para a Yamaha neste ano especial. Vamos começar na sexta-feira e vamos tentar fazer tudo bem!”

Ben Spies:
“Gostei mesmo da corrida do ano passado, isto é, assim que ultrapassei a frustração de perder tantas posições nas primeiras voltas. Consegui ultrapassar vários pilotos durante a minha recuperação até ao oitavo lugar, o que torna a corrida sempre mais excitante. Espero estar melhor este ano desde o início para não ter de recuperar tanto na corrida! Vamos correr de vermelho e branco novamente, o que me traz sempre sorte!”

Comunicado de imprensa Yamaha Factory Racing

Tags:
MotoGP, 2011, GRAND PRIX OF JAPAN, Ben Spies, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›