Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Damiam Cudlin aos comandos de uma Pramac Ducati em Motegi

O australiano Damian Cudlin vai substituir o lesionado Capirossi no Grande Prémio do Japão.

Loris Capirossi vai falhar a 15ª jornada do Campeonato de MotoGP na sequência da deslocação do ombro direito na queda sofrida em Aragón e porque as lesões ainda não sararam o suficiente para o veterano de MotoGP alinhar no GP do Japão. No lugar de Capirossi vai correr o jovem de 29 anos Damian Cudlin.

Randy De Puniet está pronto para abordar a pista de Motegi, local onde assinou dois pódios no passado: terceiro nas 250cc e segundo no MotoGP.

Fabiano Sterlacchini – Director Técnico Pramac Racing:
“Motegi é uma pista algo complexa com muitas zonas de ‘stop and go’ que vão exigir uma alteração na afinação da moto. O Randy esteve bem aqui no passado, pelo que esperamos boa prestação do nosso gaulês. Enquanto isso, será uma boa oportunidade para o Damian Cudlin mostrar os seus talentos. Ele é um bom tipo e tivemos a oportunidade de o conhecer um pouco no ano passado na Moto2, onde correu no GP de Sachsenring.”

Randy De Puniet:
“Quero mesmo terminar a época o melhor possível. Tive azar em muitas corridas e cometi erros noutras. Mas trabalhámos bem na última corrida em Aragón e espero também começar com o pé direito em Motegi. É um dos meus circuitos preferidos e já consegui bons resultados aqui no passado.”

Damian Cudlin:
"É difícil explicar o que esta oportunidade significa para mim. Desde criança que sonho com o MotoGP e não passou disso mesmo até este momento. Agora tornou-se realidade e, para ser franco, ainda estou em choque! Não tenho ilusões sobre as dificuldades que vou ter pela frente. Nunca rodei com uma máquina de MotoGP e nunca estive em Motegi, pelo que as minhas expectativas não podem ser muito elevadas. Quero apenas fazer o melhor trabalho possível, desfrutar da experiência e ver o que acontece. Não tenho nada a perder, por isso porque não aproveitar? Não sei o que fiz para merecer isto. Ainda não consigo acreditar que vou substituir o Loris Capirossi – quando era miúdo tinha posters com ele no quarto! Quero agradecer ao Sito Pons por me ter recomendado, à Pramac Racing Team por me dar a oportunidade e também à minha actual equipa BMW por me permitir aproveitar esta oportunidade. Espero deixar todos orgulhosos por terem escolhido trabalhar com um tipo como eu."

Comunicado de imprensa Pramac Racing Team

Tags:
MotoGP, 2011, Pramac Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›