Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Luta pelo título de Moto2 ao rubro na Austrália

Luta pelo título de Moto2 ao rubro na Austrália

Marc Márquez lidera com mero ponto de vantagem sobre Stefan Bradl na altura em que o Mundial de 2011 chega a Phillip Island para o Iveco Grande Prémio da Austrália deste fim-de-semana.

A classe de Moto2 continua a ser a mais disputada das três categorias do Campeonato do Mundo numa altura em que faltam apenas três rondas para disputar em 2011 e os dois pilotos que estão em busca da glória voltam a entrar em acção neste fim-de-semana no Iveco Grande Prémio da Austrália.

Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) assumiu a liderança do Campeonato pela primeira vez nesta época após o segundo lugar conquistado em Motegi e agora lidera com apenas um ponto de vantagem sobre o rival Stefan Bradl (Viessmann Kiefer Racing) à entrada para a recta final da temporada.

Cada um deles já partiu da pole por sete vezes este ano, o que demonstra uma vez mais o quão disputada está a ser luta, se bem que Márquez é quem está em vantagem neste momento dados os recentes resultados que o colocaram entre os dois primeiros nas últimas oito corridas – seis delas vitórias.

A tentativa de Andrea Iannonne (Speed Master) de assegurar o terceiro posto no Campeonato tem sido frutífera nas últimas rondas, com o italiano a somar quatro pódios nas últimas cinco corridas, incluindo vitória no Japão. Enquanto isso, Alex de Angelis (JiR Moto2) e Simone Corsi (Ioda Racing Project) não estão muito longe e estão separados por apenas seis pontos.

O estreante Bradley Smith (Tech 3) e Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) estão empatados em sexto e sétimo, com o suíço ainda com o pódio do Japão fresco na memória. Surge depois uma grande diferença pontual para Esteve Rabat (Blusens-STX) em oitavo, e com impressionante temporada de estreia na categoria, seguindo-se depois Yuki Takahashi (Gresini Racing) e Aleix Espargaró (Pons HP 40) a fecharem a lista dos dez primeiros.

Anthony West, da MZ Racing, tem tido positiva sequência de resultados nas duas últimas jornadas e espera continuar da mesma forma em casa.

Julián Simón continua de fora devido a lesão e tem de recuperar ainda mais da lesão na perna, o que leva Iván Moreno a rodar no seu lugar neste fim-de-semana. Sergio Gadea (Desguaces La Torre G22) vai estar ausente enquanto continua a recuperar de forte queda em Motegi.

A prova de Phillip Island vai contar com a presença de dois willd cards australianos: Kris McLaren numa Suter e Blake Leigh-Smith numa FTR, ambos a correrem pela BRP Racing.

Tags:
Moto2, 2011, IVECO AUSTRALIAN GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›