Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Terol às portas do título de 125cc

Terol às portas do título de 125cc

Só Johann Zarco pode evitar que o espanhol conquiste o título em 2011, que pode ser reclamado por Terol este fim-de-semana no Shell Advance Grande Prémio de Motociclismo da Malásia.

Após uma batalha que se estendeu ao longa de toda a temporada pelo último título de 125cc tudo pode, finalmente, ser decidido este fim-de-semana em Sepang. Com a introdução da Moto3 a 4 tempos, que substitui as actuais 2 tempos a partir de 2012, o nome do Campeão do Mundo deste ano vai ficar na história do Campeonato do Mundo.

O espanhol Nico Terol está em fantástica posição para o conseguir e o piloto da Bankia Aspar pode conquistar o título neste fim-de-semana. O seu único rival na corrida ao ceptro, o gaulês Johann Zarco, está neste momento a 25 pontos de distância na geral quando faltam duas rondas e se Terol terminar a corrida à frente do piloto da Avant-AirAsia-Ajo será coroado Campeão devido à diferença de pontos. Contudo, Zarco não fará a vida fácil a Terol, tal como tem acontecido ao longo do ano.

Tirando o título, Terol pode também ultrapassar a marca dos 1.000 pontos somados desde que iniciou a carreira nas 125cc, um feito que só foi conseguido por outros cinco pilotos.

Enquanto os dois estão concentrados no título, Sandro Cortese (Intact Racing Team Germany) vai tentar consolidar o terceiro posto na geral que conquistou com a vitória na Austrália. O germânico, que antes desta época nunca tinha ganho um GP mas soma agora dois triunfos, garantiu a 14ª vitória da época da Aprilia nas 125cc, igualando o recorde que já era detido pela marca italiana nos anos de 2007 e 2009.

O estreante Maverick Viñales (Blusens by Paris Hilton Racing) tem quase garantido o quarto posto naquela que é já uma época de estreia fabulosa no Campeonato do Mundo, mas o espanhol pode ainda superar Cortese na luta pelo terceiro posto da geral dados os sete pontos que separam os dois antes das duas últimas corridas do ano.

A luta pelo quinto posto continua em aberto e vai ser decidia entre Héctor Faubel (Bankia Aspar), Efrén Vázquez (Avant-AirAsia-Ajo) e Jonas Folger (Red Bull Ajo Motorsport), se bem que Luis Salom (RW Racing GP) tem a possibilidade matemática de entrar na luta também. Contudo, tal é um cenário pouco provável devido aos 33 pontos de atraso face a Folger. O espanhol está a levar a cabo sólida temporada no Campeonato do Mundo, tendo somado o segundo pódio da campanha, e da carreira, na Austrália.

Zulfahmi Khairuddin (Avant-AirAsia-Ajo) espera levar a cabo corrida positiva em casa e cai contar com a companhia doutro malaio em pista, o wild card Muhamad Farid Badrul Hisham, que vai correr com uma Derni sob as cores da AirAsia SLC EVO.

Tags:
125cc, 2011, SHELL ADVANCE MALAYSIAN MOTORCYCLE GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›