Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa marca ritmo em FP1 na Malásia

Os pilotos da Repsol Honda foram os três mais rápidos na primeira sessão de treinos de MotoGP no Circuito Internacional de Sepang, com Pedrosa a liderar e seguido pelo recém coroado Campeão do Mundo Stoner e Dovizioso.

A classe de MotoGP iniciou o Shell Advance Grande Prémio de Motociclismo da Malásia com Dani Pedrosa no topo da tabela de tempos pouco depois das motos terem ido para a pista, roubando a liderança ao companheiro de equipa Andrea Dovizioso. A volta do espanhol em 2m01,916s, tempo conseguido apenas à sétima passagem pela meta, acabou por se manter até ao final da sessão com Casey Stoner a terminar em segundo, a 0,641s de distância e com Dovizioso a 0,674s da frente.

Em quarto, com uma registo de 2m03,311s, ficou a quarta Honda de fábrica pilotada por Marco Simoncelli, da San Carlo Honda Gresini, com Álvaro Bautista, da Rizla Suzuki, a dois décimos do italiano, em quinto. O sexto lugar ficou a cargo de Ben Spies (Yamaha Factory Racing), que está ainda a recuperar da grande queda sofrida no fim-de-semana passado na Austrália e que o colocou fora da corrida. O americano rodou em 2m03,586s, pouco mais de um décimo de segundo mais rápido que a primeira Ducati da tabela de tempos, a de Randy de Puniet (Pramac Racing).

Colin Edwards foi oitavo, seguido de Hiroshi Aoyama (San Carlo Honda Gresini) e Valentino Rossi (Ducati Team). O companheiro de equipa de Rossi, Hayden, terminou em 12º, atrás de Karel Abraham (Cardion AB Motoracing).

O Wildcard John Hopkins (Rizla Suzuki) levou a GSV-R ao 14º posto, enquanto o piloto de testes da Yamaha YZR-M1 Katsuyuki Nakasuga, que está a substituir o lesionado Jorge Lorenzo na Yamaha Factory Racing, foi 17º. O nipónico chegou a ser 11º até que uma pequena queda abrandou os seus progressos.

Héctor Barberá completou apenas quatro voltas antes de se dirigir ao centre médico. O piloto da Mapfre Aspar está a avaliar cautelosamente a sua forma física antes da corrida e após a operação à clavícula que fracturou no Japão.

Tags:
MotoGP, 2011, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›