Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Predosa domina totalmente em Sepang

A Repsol Honda liderou o primeiro dia de acção do Shel Advance Grande Prémio de Motociclismo da Malásia, com Dani Pedrosa a liderar com oito décimos de margem sobre Stoner e mais seis sobre Dovizioso.

Pedrosa dominou o pelotão de MotoGP nesta sexta-feira, liderando um Top 5 totalmente composto por motos Honda. O espanhol rodou nuns impressionantes 2m01,250c, sete décimos de melhoria face ao tempo que já lhe tinha dado a liderança de FP1 e seis décimos de segundo mais lesto que o recorde da melhor volta. Casey Stoner foi segundo com 2m02,070s, enquanto Andrea Dovizioso foi terceiro, a 1,414s do inalcançável Pedrosa. O italiano foi um de apenas dois pilotos que não melhorou a marca face ao treino matinal.

Marco Simoncelli, da San Carlo Honda Gresini, foi quarto com 2m02,823s, uma melhoria de meio segundo face a FP1, enquanto Hiroshi Aoyama completou a lista dos cinco primeiros dominada pela Honda ao rodar a um décimo do companheiro de equipa italiano.

Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) foi o primeiro representante da Yamaha com 2m02,991s, retirando oito décimos ao registo matinal. Álvaro Bautista, da Rizla Suzuki, seguiu-se ao texano a 0,123s, terminando o dia em sétimo.

Randy de Puniet, da Pramac Racing, foi primeiro da Ducati na tabela de tempos. O gaulês rodou em 2m03,159s, seis décimos mais lesto que em FP1, e ficou à frente de Ben Spies (Yamaha Factory Racing), nono.

Karel Abraham (Cardion AB Motoracing) completou a lista dos dez primeiros com 2m03,318s, um décimo de segundo mais rápido que Nicky Hayden (Ducati Team), em 11º, e três décimos à frente de Valentino Rossi, que foi 13º atrás de Loris Capirossi (Pramac Racing)./p>

O Wildcard John Hopkins (Rizla Suzuki) foi 14º, 0,016s mais rápido que Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3), enquanto Héctor Barberá (Mapfre Aspar) completou 11 voltas, depois de ter efectuado apenas quatro durante a manhã. O espanhol, ainda a recuperar de operação à clavícula que fracturou no Japão, terminou o dia em 17º.

O piloto de substituição de Jorge Lorenzo na Yamaha Factory Racing, Katsuyuki Nakasuga, caiu nas duas sessões, mas logrou voltar ao trabalho em ambos, se bem que passou a rodar mais lento, terminando o dia em 18º.

Tags:
MotoGP, 2011, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›