Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bradl às portas do título de Moto2

Bradl às portas do título de Moto2

O germânico necessita de terminar pelo menos em 13º em Valência neste fim-de-semana, última corrida do ano, para conquistar o ceptro e independentemente do resultado de Marc Márquez, que ainda não tem a participação na prova decidida.

Stefan Bradl está prestes a conquistar a coroa do Campeonato do Mundo de Moto2 no Grande Prémio Generali da Comunidade Valenciana deste fim-de-semana e para tal o alemão tem apenas de terminar em 13º para garantir o primeiro ceptro da carreira.

Bradl (Viessmann Kiefer Racing) lidera com 23 pontos de margem sobre Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) à chegada à última corrida do ano e sabe que só um enorme contratempo o impedirá de conquistar o título da categoria intermédia.

A azarada queda de Márquez em FP1 em Sepang deixou o espanhol fora da corrida devido a problemas de visão resultantes de forte embate com a cabeça e a sua participação na jornada deste fim-de-semana ainda não foi confirmada e o piloto continua a recuperar em casa, perto de Barcelona.

Com pouca coisa a ter de ser decidida entre os dois primeiros, o terceiro posto da geral continua em aberto, com Andrea Iannone (Speed Master) à frente de Alex de Angelis (JiR Moto2) por apenas dois pontos. Thomas Lüthi (Interwetten Paddock Moto2) pode apanhar a dupla e vai para o fim-de-semana ainda com a primeira vitória da carreira na categoria intermédia (Sepang) fresca na memória, mas está a 19 pontos de De Angelis.

Simone Corsi (Ioda Racing Project) parece ter tudo para garantir o sexto posto da geral, enquanto a forma física de Bradley Smith (Tech 3 Racing) será alvo de uma derradeira avaliação com o piloto a recuperar ainda de uma fractura na clavícula contraída no mesmo sítio onde Márquez foi ao chão na primeira sessão de livres na Malásia.

Esteve Rabat (Blusens-STX), Dominique Aegerter (Technomag-CIP), Yuki Takahashi (Gresini Racing) Aleix Espargaró (Pons HP 40) e Pol Espargaró (HP Tuenti Speed Up) estão separados por apenas seis pontos e em luta pelas três últimas posições dos dez primeiros.

Ricky Cardús (QMMF Racing Team) vai ser substituído por Nasser Al Malki na sequência da lesão que contraiu na Malásia, enquanto a corrida contará com a participação de dois wild cards espanhóis: Elena Rosell vai voltar a correr pela Mapfre Aspar e Oscar Climent vai alinhar pelo Team Climent banner.

Tags:
Moto2, 2011, GRAN PREMIO GENERALI DE LA COMUNITAT VALENCIANA

Outras actualizações que o podem interessar ›