Compra de bilhetes
VideoPass purchase

KTM anuncia equipa de fábrica na Moto3

KTM anuncia equipa de fábrica na Moto3

A KTM regressa ao MotoGP em 2012 para participar na nova classe de Moto3 com a Red Bull KTM AJO Factory Racing Team. A formação de três pilotos conta com Sandro Cortese, Arthur Sissis e Danny Kent.

O novo motor de Moto3 da KTM foi largamente testado em Agosto deste ano, com o projecto a estar dentro da janela temporal para voltar ao Campeonato do Mundo quando a época de 2012 começar.

A equipa será composta pelo germânico Cortese, que acabou de completar bem sucedida temporada em 2011 nas 125cc onde terminou em quarto da geral com duas vitórias e mais quatro pódios; Sissis, que foi um dos mais fortes na muito competitiva luta pelo ceptro da Red Bull MotoGP Rookies em 2011; e Kent, que terminou a edição de 2010 da Red Bull Rookies Cup em segundo e que se estreou este ano nas 125cc terminando em 11º da geral.





A KTM aposta em forte parceria com a Red Bul e a Ajo Motorsport para a equipa de fábrica que competirá com a moto totalmente construída e desenvolvida pela KTM, mas também com a ajuda da Kalex Engineering, que está a desenvolver um conceito paralelo para as monocilíndricas de 250cc a 4 tempos para fornecimento de outras equipas.

A Ajo vai fazer correr mais dois pilotos com a Moto3 de fábrica da KTM e, em total, incluindo as equipas clientes com a máquina Kalex-KTM, a marca austríaca contará com a presença de nove pilotos na grelha de Moto3 em 2012.

Pit Beirer, manager Desportivo da KTM:

“Estamos muito contentes por termos um Director Desportivo do calibre do Aki Ajo à frente da formação de fábrica da KTM na Moto3. Também podemos estar orgulhosos por contarmos ainda com alguma gestão do Jorge Martinez com a moto Kalex-KTM na sua formação de Moto3.”





Aki Ajo:

“A nova época deverá proporcionar corridas muito excitantes e, naturalmente, como equipa Oficial da KTM esperamos estar na frente desde o início. Temos um conjunto forte, pelo que o objectivo é estar na frente desta nova classe. Vai ser uma temporada de aprendizagem para todo, mas para nós este é um projecto a longo prazo e podemos ganhar mais a cada ano que passa. A primeira prioridade é estabelecer a operação na nova categoria durante os testes e depois manter as coisas bem coordenadas e funcionar bem. Sinto que assim que tivermos tudo a rolar os resultados vão começar a surgir.”

Tags:
125cc, 2011, Danny Kent, Sandro Cortese, Red Bull Ajo MotorSport

Outras actualizações que o podem interessar ›