Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Bridgestone termina primeiro teste com sucesso

Bridgestone termina primeiro teste com sucesso

A primeira ronda de testes de MotoGP de 2012 terminou após o final dos três dias de trabalho em Sepang com a Bridgestone a levar a cabo extensa avaliação das especificações de pneus para 2012.

Casey Stoner, da Repsol Honda, foi o piloto mais rápido em Sepang com um tempo de 1m59,606s – um segundo mais rápido que a sua melhor marca do teste de 2011 – provando que a combinação das novos máquinas de 1000cc e a especificação de pneus de 2012 da Bridgestone funciona bem. Jorge Lorenzo, da Yamaha, foi o segundo melhor, à frente do companheiro de equipa de Stoner, Dani Pedrosa; os pilotos rodaram em 2m00,198s e 2m00,256s, respectivamente.

O centro das atenções da Bridgestone foi a avaliação das duas especificações dos pneus de 2012 e o pneu frontal experimental desenvolvido propositadamente. Os dados recolhidos serão agora incorporados no contínuo programa de desenvolvimento dos pneus de MotoGP da Bridgestone.

Com as temperaturas da pista regularmente acima dos 50ºC, Sepang apresentou-se como a oportunidade para avaliar os pneus para a próxima época do MotoGP num ambiente muito diferente daquele que se verificou no último teste em novembro passado, em Valência. Apesar das condições diferentes, os pilotos mostraram.-se contentes com as sensações obtidas e com as características de aquecimento apresentadas pelas borrachas de 2012.

Com os principais objetivos técnicos para este ano a centrarem-se na prestação de aquecimento e melhorias nas sensações dadas aos pilotos, a resposta aos pneus da Bridgestone dadas após o teste privado das CRT em Valência (30 e 31 de janeiro) também foram positivas. A maior amplitude térmica de funcionamento que os novos pneus apresentam garantiu excelentes níveis de aderência atingidos mais rapidamente, mesmo com as temperaturas da pista em Espanha a não terem ido além dos 17ºC.

As conversas da Bridgestone com Loris Capirossi também tiveram continuidade em Sepang, com o plano de trabalho para 2012 a ser colocado em marcha para garantir uma atenção permanente na segurança dos pilotos. A ligação regular com o novo Conselheiro de Segurança da Dorna foi valiosa no desenvolvimento de uma ideia clara da opinião geral dos pilotos sobre os actuais pneus.

A Bridgestone está agora já de olhos postos nos próximos testes de MotoGP e vai fornecer pneus e engenheiros técnicos às equipas privadas CRT em Jerez, de 20 a 22 de fevereiro, e no segundo ensaio de Sepang, de 28 de fevereiro a 1 de março.

Tohru Ubukata - Diretor Geral, Departamento de Desenvolvimento de Pneus de Competição Bridgestone

“O nosso objetivo para o teste de Sepang era avaliar a prestação da especificação dos pneus de 2012 nas condições mais quentes possíveis e neste aspeto ficámos muito contentes com as respostas que recebemos dos pilotos na Malásia.”

“Os nosso encontros com o Conselheiro de Segurança da Dorna, Loris Capirossi, foram muito produtivos e a experiência dele com pneus Bridgestone e a relação que tem com os pilotos são muito importantes para compreendemos a relação entre piloto, moto e pneu. A presença do Conselheiro de Segurança no MotoGP é uma novidade bem-vinda e vamos continuar a nossa colaboração com o Loris ao longo do ano.”

“Os dados técnicos e as respostas dos pilotos que recolhemos durante o teste são muito importantes para o programa de desenvolvimento do nosso pneus de MotoGP e quero agradecer a todas as equipas e pilotos pelo tempo valioso que nos dispensaram para nos ajudarem a atingirmos as nossas metas.”

Loris Capirossi – Conselheiro de Segurança da Dorna

“Estou muito contente por reatar a minha colaboração com a Bridgestone e estou desejoso por trabalhar em conjunto com eles durante a época. Pessoalmente, sinto que foi um teste muito positivo e mais um passo na direção certa depois do nosso último encontro em Valência.”

“Estou em conversações com os pilotos, a opinião geral em relação à especificação dos pneus de 2012 é muito boas e estão contentes com as sensações que os pneus oferecem. O pneu frontal experimental também ajudou a dar aos pilotos um entendimento do rumo do desenvolvimento da Bridgestone.”

Tags:
MotoGP, 2012

Outras actualizações que o podem interessar ›