Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Estrelas do MotoGP™ antevêem Qatar na conferência de imprensa de quinta-feira

O Campeão do Mundo Casey Stoner contou com a companhia de Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Colin Edwards e Stefan Bradl na conferência de imprensa de pré-evento que teve lugar pouco tempo antes da primeira sessões de treinos com vista ao Commercialbank Grande Prémio do Qatar.

Todos os olhos vão estar sobre Stoner, da Repsol Honda, com o piloto a iniciar a defesa do título numa pista onde venceu quatro das últimas cinco corridas, mas o australiano não está a assumir nada como garantido neste início de época de 2012.

“Não espero ter outra temporada como a do ano passado,” disse Stoner em referência ao domínio apresentado em 2011. “Depois de ter visto a época do Jorge em 2010, nunca pensei que alguém o pudesse replicar, vencer tantas corridas e apresentar a consistência que ele apresentou, mas conseguimos ter uma época fantástica no ano passado.”

“Não sei se o poderemos repetir, mas vamos tentar vencer o maior número de corridas possível e ver o que acontece no final da temporada,” continuou. “Temos apenas de ver como a moto está aqui esta noite e ver onde podemos melhorar. De forma geral fiquei contente com a prestação [nos testes de pré-época], foi boa.”

À espera de dar mais luta a Stoner este ano está o Campeão de 2010 Lorenzo e o piloto da Yamaha Factory Racing comentou a introdução das 1000cc: “Os testes foram muito bons porque vimos que a 1000cc tem grande potencial e é muito rápida. Estamos mais preparados que no ano passado, foi difícil para nós porque eu estava a mais de 100% para me manter perto do Casey e do Dani. Este ano parece que estamos mais perto, mas não estou 100% confiante, tenho de aguardar e ver o que acontece nas primeiras corridas.”

Rossi, da Ducati Team, é outro homem apostado em forte início de 2012 e apesar de continuar a ter trabalho a fazer nas sessões de treinos, o italiano está pronto para o combate.

“É muito importante trabalhar o máximo possível nos testes e tivemos alguns altos e baixos,” disse. “Ainda temos algum trabalho pela frente porque a moto mudou muito em comparação com o ano passado, mas nas corridas é diferente; podemos compreender o potencial da moto e tentamos dar o máximo para sermos rápidos e tentarmos lutar com os outros, pelo que penso que estamos prontos.”

A liderar o projecto CRT da NGM Mobile Forward Racing está Edwards, que comentou o início da nova era do MotoGP: “Não vai ser fácil. Temos limitações e alguns problemas fundamentais que temos de resolver, mas vai ser bom. Tudo o que fazemos na moto parece melhorá-la um pouco. Estamos a apresentar-nos sem caixa de velocidades, suspensão ou dados, pelo que estamos a começar do zero. Se há alguém no paddock que teve de o fazer sou eu.”

O Campeão do Mundo de Moto2 de 2011 Bradl também está desejoso por começar, não fosse este o ano de estreia do germânico na categoria rainha e com a LCR Honda.

Bradl disse: “Esteou mesmo animado e desejoso por este fim-de-semana, especialmente por ser a primeira corrida, porque será diferente dos testes! Penso que estou pronto. Tivemos alguns maus testes, era tudo novo para mim, pelo que o primeiro teste em Sepang foi complicado, mas no geral penso que não cometemos muitos erros, o que é bom. O objectivo é manter a diferença para a frente o mais curta possível.”

Tags:
MotoGP, 2012

Outras actualizações que o podem interessar ›