Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa atinge os 100 e Stoner quer dominar Jerez

Pedrosa atinge os 100 e Stoner quer dominar Jerez

Este fim-de-semana o Campeonato do Mundo de MotoGP™ de 2012 ruma ao Sul de Espanha para o Grande Prémio de Jerez, segunda jornada do calendário.

Após positivo início de Campeonato com dois pódios no Circuito Internacional de Losail – segundo lugar para Dani Pedrosa e terceiro para Casey Stoner – os pilotos da Repsol Honda chegam confiantes a Jerez e de olhos postos na repetição do potencial que demonstraram durante a pré-época nesta pista.

 

Os testes de Inverno são uma boa referência para o início do trabalho neste fim-de-semana. Casey Stoner assinou a melhor volta (1m38,780s), enquanto Dani Pedrosa rodou abaixo do seu recorde no traçado de Jerez (1m39,731s de 2010) ao registar um crono de 1m39,157s e fez uma simulação de corrida onde manteve ritmo elevado.

 

Dani Pedrosa, que vai fazer o 100º Grande Prémio na categoria rainha no domingo, visitou o pódio em Jerez nos últimos sete anos, com duas vitórias (2005 e 2008) e cinco segundos lugares, enquanto a melhor marca de Casey foi o terceiro posto de 2009.

Dani Pedrosa

"O teste de pré-época em Jerez foi positivo para nós, tivemos boas sensações com a moto e terminámos contentes, pelo que estou mesmo ansioso por correr lá no Grande Prémio deste fim-de-semana. Temos de estar muito concentrados e fazer uma boa qualificação para começarmos a corrida em boa posição. Adoro a pista de Jerez, a paixão dos fãs espanhóis, espero ver as bancadas cheias outra vez porque isso só ajuda à atmosfera única que o circuito tem. Fizemos uma grande corrida no Qatar e começar a época no pódio é importante, mas não podemos descansar, a meta é mais um forte resultado na corrida deste fim-de-semana.”

Casey Stoner

"Após uma difícil corrida no Qatar estou desejoso por Jerez. Tivemos um teste de pré-época muito bom lá, é uma pista que não tem sido boa para mim no passado, pelo que o facto de ter conseguido um bom ritmo nos testes nos deu muita confiança. Ainda temos alguns problemas que temos mesmo de resolver na moto, em particular as vibrações à entrada e saída das curvas; quando resolvermos isso acredito que teremos um pacote muito competitivo. Desde o Qatar tenho trabalhado no problema da pressão muscular no braço que tive na corrida e estou claramente a sentir-me melhor. Tratei-o da mesma forma que quando o tive em Silverstone em 2010, pelo que espero não voltar a ter esse problema este fim-de-semana.”

Tags:
MotoGP, 2012, GRAN PREMIO bwin DE ESPANA, Casey Stoner, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›