Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Nicky Hayden na primeira linha em Jerez, Rossi em 13º

Nicky Hayden na primeira linha em Jerez, Rossi em 13º

A sessão de qualificação da jornada de MotoGP™ em Jerez de la Frontera contou com condições climatéricas imprevisíveis, tal como nas sessões de livres. Nicky Hayden assinou o terceiro tempo numa pista praticamente seca, garantido presença na primeira linha da grelha atrás de Lorenzo e Pedrosa, enquanto Valentino Rossi não conseguiu repetir a boa prestação de sexta-feira no molhado e terminou em 13º.

A sessão de qualificação foi a sessão que ofereceu piso mais seco até ao momento neste fim-de-semana, mas as condições estavam longe de serem as ideais, com o asfalto frio e zonas ainda com água da chuva matinal. Hayden encontrou uma afinação com a qual conseguiu rodar bem, enquanto Rossi teve mais dificuldades e não conseguiu ser tão eficaz.

 

Nicky Hayden (Ducati Team) 3º (1m40,563s)

“É muito bom para nós estarmos na primeira linha. As condições da pista estavam um pouco estranhas, diferentes em comparação com o que tivemos durante todo o fim-de-semana. O facto de termos testado aqui no seco há pouco tempo foi positivo porque sabíamos que tínhamos uma boa afinação de base. Começámos forte desde o início porque sabíamos que íamos ter alguma chuva. Andei na frente umas vezes e pensei ‘Tudo bem, agora pode chover’, mas depois voltei a cair na classificação e pensei ‘Ainda não pode começar a chover’. Perto do final foi melhorando, mas continuou a ser duro porque havia muitas zonas com água na pista, pelo que era fácil cometer erros. No final tirámos partido das condições estranhas e ficámos na primeira linha, pelo que estou muito contente com a minha equipa. Agora vamos tentar concretizar um bom resultado amanhã, que é quando conta.”

 

Valentino Rossi (Ducati Team) 13º (1m42,961s)

“A qualificação não correu bem hoje. As condições estavam muito difíceis porque estava frio o asfalto seco, mas não totalmente. Seja como for, foi o mesmo para todos, pelo que o problema não foi esse. Infelizmente ainda tenho muitas dificuldades a pilotar e à entrada em curva, a travar e sem ser a travar. Estou a demorar a atingir a inclinação máxima e não levo a velocidade necessária para a curva, por isso quando chega a altura de acelerar já perdi muito terreno. Há algum tempos que tentamos resolver esta situação, mas ainda não conseguimos. Temos de continuar a trabalhar na afinação porque o Nicky fez uma boa qualificação hoje e fez mesmo um bom trabalho. Comparando os dados, confirmámos que que estamos a perder todo o nosso tempo à entrada em curva. De todas as formas, rodámos um pouco melhor no molhado; vamos ver que condições temos amanhã para a corrida.”

Comunicado de imprensa Ducati Team.

Tags:
MotoGP, 2012, GRAN PREMIO bwin DE ESPANA, Nicky Hayden, Valentino Rossi, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›