Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Homens da Ducati em oitavo e nono no Grande Prémio Espanhol

A falta de aderência impediu o piloto da Ducati Nicky Hayden de conseguir tirar partido do posto na primeira fila da grelha, enquanto Valentino Rossi conseguiu melhorar a sua posição de partida, terminando em nono.

Depois de uma agitada partida, Hayden envolveu-se numa luta pela terceira posição com Cal Crutchlow e Dani Pedrosa. O americano começou depois a perder terreno devido à falta de aderência, acabando por terminar em oitavo. Valentino Rossi, que partiu da quinta fila da grelha, conseguiu ganhar posições, acabando a corrida na nona posição.

Um ponto positivo, que a Ducati retirou das sessões de treinos, é que a mota é muito competitiva no molhado, com os dois pilotos a colocarem-se entre os seis melhores.

Nicky Hayden (Ducati Team) 8º

“Foi divertido durante algumas voltas. Sabemos que a nossa mota é fantástica em gerar calor nos pneus e, nas primeiras voltas, consegui fazer o que queria. Depois, quando os outros pilotos começaram a ter os pneus na temperatura certa, os meus começaram a perder aderência, principalmente à frente. Estava a dar tudo, mas comecei a ser ultrapassado. Sabemos que pode ser difícil no seco. A minha afinação estava ok, mas ir atrás deles não era possível. A mota tem muito potencial, mas neste momento a diferença para os outros ainda é grande”.

Valentino Rossi (Ducati Team) 9º

“A parte positiva da corrida de hoje é que nos pode ter ajudado para fazer um pouco mais nas próximas corridas, já a partir da próxima semana em Portugal. A afinação era muito semelhante àquela que o Nicky usou durante uns tempos, embora não exactamente igual. Tenho de me habituar a correr de forma um bocadinho diferente e hoje isso custou-me algum tempo nas primeiras voltas. Não estava a ir mal assim que encontrei o meu ritmo, na medida em que estava a ver os tempos dos que estavam a lutar pela sexta posição e consegui puxar até conseguir 1m41,0s na penúltima volta. Isso deixa-me um pouco mais optimista quando olho para as próximas corridas, porque se conseguir correr um pouco melhor, pode ser um princípio para nós. De facto, usámos esta afinação quando começámos na sexta-feira.”

Vittoriano Guareschi (Director de Equipa)

“Hoje queriamos ver tanto o Nicky com o Vale a terminar a corrida perto da frente, mas apesar de tudo tivemos várias coisas positivas a retirar deste fim-de-semana para continuar com o nosso trabalho para o GP12. Confirmámos que somos muito rápidos no molhado e no seco conseguimos uma boa sessão de qualificação com o Nicky, que conseguiu a primeira linha. O Nicky foi muito competitive nas primeiras voltas da corrida e agora temos de melhorar o resto. O Vale teve dificuldades na qualificação, mas na corrida, usando uma afinação que nunca tinha experimentado sentiu-se bem, ganhou confiança e foi mais rápido. Estes são sinais que nos mostram a direcção para a próxima corrida dentro de poucos dias em Portugal.”

Tags:
MotoGP, 2012, Nicky Hayden, Valentino Rossi, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›