Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Sinais positivos para Rossi enquanto Hayden tem problemas de electrónica

O Grande Prémio de Portugal assistiu à melhoria da Ducati Team com Valentino Rossi, enquanto Nicky Hayden teve de se debater com problemas electrónicos.

Após dois dias a trabalhar na afinação da sua GP12, o italiano correu a um ritmo simultaneamente rápido e consistente, acabando por terminar em sétimo lugar, o melhor resultado da temporada até agora.

 

Por outro lado, o esforço de Nicky Hayden para chegar à meta foi prejudicado por um problema eléctrico com a ECU da sua mota, sujeita a interferência de sinal de rádio captado perto da pista. Em consequência, todas as calibragens electrónicas ficaram desfasadas em redor do circuito, prejudicando a corrida. Mesmo assim, o americano correu com grande determinação e terminou em 11º lugar.

 

Amanhã, a Ducati Team fica em Portugal para levar a cabo testes de um dia, esperando que as previsões de chuva não se concretizem para a evolução da GP12 poder prosseguir.

 

Valentino Rossi (Ducati Team), 7º

“Desta vez correu um pouco melhor, no sentido em que começámos com uma boa base na sexta-feira e conseguimos preparar-nos para hoje durante o fim-de-semana. Pude abordar a corrida sabendo o que esperar da mota, e assim consegui pressioná-la quase até ao limite. As primeiras voltas foram decentes. Mudei de posição algumas vezes e depois mantive um ritmo consistente, fazendo os tempos que esperava fazer. Temos de melhorar à saída das curvas e na aceleração porque neste momento não conseguimos ser tão eficazes por não podermos colocar toda a potência no solo. Amanha fazemos testes e começaremos a trabalhar. Mesmo assim, hoje ainda me diverti.”

 

Nicky Hayden (Ducati Team) 11º

“A partir da primeira volta tivemos um problema de electrónica e a moto não sabia em que parte da pista estava. Dei o meu melhor para contornar o problema e não cometer erros. No teste de amanhã vamos concentrar-nos no problema e já estamos desejoso pela próxima corrida em Le Mans.”

 

Vittoriano Guareschi (Directo de equipa)

“Hoje, o Vale correu a um ritmo quase igual ao do seu tempo de qualificação, fez algumas boas ultrapassagens e pôde pressionar um pouco até ao limite. Penso que é um bom ponto de partida. Lamentamos muito o resultado do Nicky, prejudicado pela interferência de um sinal de rádio no transponder da nossa ECU que o obrigou a correr com a calibragem electrónica desfasada. Participar nessas condições é verdadeiramente difícil, mas ele fez um óptimo trabalho ao conseguir terminar a corrida.”

Comunicado de imprensa Ducati Team.

Tags:
MotoGP, 2012, RAC, Valentino Rossi, Nicky Hayden, Ducati Team

Outras actualizações que o podem interessar ›