Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Os números de Le Mans

Os números de Le Mans

Com o Campeonato do Mundo de MotoGP™ a rumar para a quarta ronda no histórico traçado de Le Mans para o Monster Energy Grand Prix de France, o motogp.com partilha consigo dados e números interessantes para a corrida de domingo.

800 – O Grande Prémio de França será o 800º GP pontuável para a classificação do campeonato do mundo.

100 – O terceiro lugar de Dani Pedrosa no Estoril foi o 100º pódio do espanhol em Grandes Prémios. Ele é o sétimo piloto a atingir o marco de 100 resultados entre os três primeiros em GPs, juntando-se a Valentino Rossi, Giacomo Agostini, Angel Nieto, Phil Read, Mike Hailwood e Max Biaggi.

70 pontos – Após ter vencido por duas vezes e terminado em segundo por uma vez, Marc Márquez soma mais 70 pontos que no ano passado pela mesma altura da época, altura em que ficou a zeros nas três primeiras corridas.

55 anos – No dia da qualificação de Le Mans passam exactamente 55 anos desde Libero Liberati, aos comandos de uma Gilera, venceu o Grande Prémio da Alemanha de 1957 em Hockenheim. Esta foi a primeira vez que um Grande Prémio foi ganho com uma velocidade média superior a 200 km/h.

39 anos – O dia da corrida em Le Mans assinala 39 anos desde que Jarno Saarinen e Renzo Pasolini perderam tragicamente a vida num acidente na primeira volta do GP de 250cc de Monza de 1973.

37 pontos – Cal Crutchlow somou 37 pontos nas três primeiras corridas de MotoGP do ano. Este é o melhor início de época por parte de um piloto britânico na categoria rainha dos Grandes Prémios desde que Niall Mackenzie iniciou a temporada de 1988 em quatro na primeira corrida do ano no Japão, seguido do terceiro posto em Laguna Seca e do quinto lugar na terceira corrida do ano em Jerez.

26 segundos – A diferença entre Valentino Rossi, sétimo, e o vencedor no Grande Prémio de Portugal Casey Stoner. Esta é a mais curta diferença entre qualquer piloto Ducati para o vencedor de uma corrida desde que Rossi foi 7º em Misano no ano passado, altura em que se quedou a 23 segundos do vencedor Jorge Lorenzo.

25 pontos – Após as três primeiras corridas de 2012 Casey Stoner somou mais 25 pontos que no ano passado na mesma altura.

19 – A vitória de Marc Marquez no Grande Prémio de Portugal foi a 19ª da carreira. Isto faz dele, com apenas 19 anos de idade, o sexto espanhol mais bem sucedido de todos os tempos em termos de vitórias em Grandes prémios, empatado com Ricardo Tormo. Mais uma vitória num GP fará com que fique empatado com Alex Criville, com 20 triungos. Os únicos espanhóis com mais de 20 vitórias são: Angel Nieto (90), Jorge Lorenzo (39), Dani Pedrosa (38) e Jorge Martinez (37).

11 – Ilustrando o elevado nível de competitividade da Moto2, os 11 primeiros a cruzarem a meta em Portugal foram pilotos que já tinham conquistado vitórias em Grandes Prémios no passado.

9 anos – Com a vitória conseguida no Grande Prémio de Portugal, Sandro Cortese passou para a frente da classificação do campeonato pela primeira vez na carreira. Há nove anos que um piloto alemão não assumia a liderança da classificação na categoria mais baixa dos Grandes Prémios; o último foi Steve Jenkner depois da terceira corrida da época de 2003 em Jerez.

4 – O quarto posto de Zulfahmi Khairuddin em Portugal na Moto3 é o melhor resultado de sempre de um malaio no Grande Prémio.

Tags:
MotoGP, 2012, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE

Outras actualizações que o podem interessar ›