Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Repsol Honda Team marca ritmo em Le Mans

Repsol Honda Team marca ritmo em Le Mans

Depois de ontem ter anunciado na conferência de imprensa oficial que planeia terminar a carreira no final da época, Casey Stoner voltou à pista e assinou o melhor tempo (1m33,740s) na primeira sessão de livres de Le Mans.

O seu companheiro de equipa, Dani Pedrosa, terminou o dia não muito longe (1m34,005s), a apenas dois décimos do australiano. A Repsol Honda Team apresentou bom início no Grande Prémio de França, com ambos os pilotos de fábrica a mostrarem já bom ritmo na sessão matinal, registando os primeiro e segundo postos na tabela de tempos nas suas primeiras saídas com a 1000cc. Durante a tarde, com temperaturas de pista um pouco mais elevadas, Stoner conseguiu melhorar a sua marca por 0,6s e Pedrosa por 0,9s.

Casey Stoner

"As sessões de hoje correram-nos muito bem. Acreditem ou não, hoje tentámos criar vibrações para conseguirmos tirar o máximo partido deste tempo seco em pista para compreender um pouco melhor o problema e fazermos algumas melhorias para o resto da época. Estamos contentes por usarmos algumas secções para nos concentrarmos na resolução das vibrações e não nos preocupámos desde o início com a afinação. Começámos a encontrar vibrações no final do dia, quando trocámos para o composto frontal duro e esperamos que amanhã se mantenha seco para continuarmos a trabalhar nisto. Depois do anúncio de ontem tirei claramente um peso dos ombros. Tinha muita coisa na cabeça nas duas últimas corridas e este fim-de-semana já me sinto melhor por ter tirado este peso de cima de mim e posso concentrar-me no resto da época e desfrutá-la.”

Dani Pedrosa

"De forma geral as sensações de hoje foram boas; normalmente com estas condições frias a pista aqui é muito escorregadia, mas os pneus funcionaram bem, o nível de aderência á bom e conseguimos fazer duas boas sessões de treinos. Ainda temos algum trabalho a fazer, principalmente na entrada em curva, mas a primeira impressão até ao momento é positiva. Parece que as temperaturas vão descer um pouco e que talvez chova, pelo que foi bom tem este tempo no seco para compreender a pista nestas condições em que fazemos muitos cavalinhos. Não testei o novo frontal da Bridgestone hoje, mas devo fazê-lo amanhã se estiver seco.”

Comunicado de imprensa Repsol Honda Team.

Tags:
MotoGP, 2012, MONSTER ENERGY GRAND PRIX DE FRANCE, Casey Stoner, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›