Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Rossi estreia-se a vencer em Le Mans

No muito molhado Monster Energy Grand Prix de France, em Le Mans, a vitória ficou a cargo do herói da casa Louis Rossi, que manteve nervos de aço para assinar a primeira vitória da carreira em condições traiçoeiras. Oliveira somou terceira desistência consecutiva.

Numa corrida que teve início com condições muito molhadas, foi Maverick Viñales, da Blusens Avintia, que partiu melhor, com Zulfahmi Khairuddin (AirAsia-SIC-Ajo) também a efectuar uma largada tremenda de 10º para segundo. Efrén Vázquez (JHK T-Shirt Laglisse), segundo da grelha, teve problemas mecânicos na volta de apresentação e não conseguiu iniciar a corrida.

Os momentos iniciais da corrida assistiram às quedas de Brad Binder (RW Racing GP), que levou consigo Niklas Ajo (TT Motion Events Racing), seguidos pouco depois por Jonas Folger (IodaRacing Project) e pelo local Alexis Masboy (Caretta Technology), que foi a escorregar até à gravilha.

No topo do pelotão a liderança era assumida por Héctor Faubel (Bankia Aspar Team) e Luis Salom (RW Racing GP) enquanto Viñales perdia um pouco o ritmo. Contudo, as condições climatéricas continuaram a fazer vítimas, com Romano Fenati (Team Italia FMI) a ter sorte semelhante à da última corrida e perder o controlo da moto, colocando ponto final na sua primeira corrida em França. Kenta Fujii (Technomag-CIP-TSR) repetiu a queda do warm up, o que colocou ponto final num dia mau para o nipónico.

A 18 voltas do final o quinteto composto por Faubel, Salom, Jakub Kornfeil (Redox-Ongetta-Centro Seta), Miguel Oliveira (Estrella Galicia 0,0) e Viñales envolveu-se em animada batalha pelas posições do pódio. Nas voltas que se seguiram houve mais quedas, com Danny Kent (Red Bull KTM Ajo), Danny Webb (Mahindra Racing), Simone Grotzkyj (Ambrogio Next Racing) e Jack Miller (Caretta Technology) a irem ao chão, enquanto o companheiro de equipa de Fenati, Alessandro Tonucci, teve de desistir devido a problemas mecânicos.

Enquanto Viñales se esforçava para desafia Faubel e Oliveira pela liderança o espanhol apanhou um susto que quase o colocou fora da moto, isto enquanto Salom perdia ritmo de forma gradual depois de ter sido ultrapassado por Rossi (Racing Team Germany) na luta pelo quinto posto.

A 11 voltas do final assistia-se ao drama na frente, com Faubel a cair quando liderava e Kornfeil a ir ao chão segundos depois quando rodava em terceiro, azares que davam os três primeiros lugares a Oliveira, Viñales e Rossi. Meia volta mais tarde foi a vez de Salom cair com o deteriorar das condições.

Enquanto surgia animada luta pela quarta posição entre Sandro Cortese (Red Bull KTM Ajo) e Khairuddin, a frente da corrida voltava a ser palco de drama, com Oliveira a cair quando rodava em primeiro e a dar a liderança a Viñales, que era seguido de perto por Rossi.

A luta durou apenas uma volta, com Viñales a cair da moto na última curva seguido pouco depois de Khairuddin. O malaio conseguir manter a moto a funcionar enquanto a corrida estava terminada para o espanhol. Desta forma, o gaulês Rossi ficou na frente da prova com pouco mais de 20 segundos de margem para gáudio do público da casa, enquanto Cortese e Alberto Moncayo (Bankia Aspar) ocupavam as demais posições do pódio.

A três voltas do final Cortese perdeu a frente à entrada para a primeira chicane, mas logrou manter a moto em funcionamento e voltar à corrida em sexto, com o companheiro de equipa de Oliveira, Alex Rins, a salta para terceiro com Niccolo Antonelli (San Carlo Gresini Moto3) colado na sua roda.

No final foi Rossi quem fez a festa em Le Mans ao assinar a primeira vitória da carreira com 28 segundos de margem sobre Moncayo e Rins. Antonelli não conseguiu lutar pelo pódio e terminou em quarto, à frente da dupla da Red Bull KTM Ajo, Arthur Sissis e Cortese, e de Jasper Iwema (Moto FGR). Alan Techer (Technomag-CIP-TSR) foi o segundo francês entre os dez primeiros ao terminar em oitavo, com Iván Moreno (Andalucia JHK Laglisse) e Giulian Pedone (Ambrogio Next Racing) a completarem o Top 10.

Tags:
Moto3, 2012, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›