Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Stoner mais forte na solarenga primeira sessão de livres na Catalunha

Foi em condições fantásticas que Casey Stoner, da Repsol Honda, assinou a melhor marca da primeira sessão de treinos livres do Gran Premi Aperol de Catalunya, batendo o companheiro de equipa Dani Pedrosa.

Stoner, que venceu de forma dominadora no ano passado na Catalunha, assinou o melhor tempo da manhã com 1m42,775s, batendo o companheiro de equipa e piloto da casa Dani Pedrosa por apenas um décimo. Com a Repsol Honda a dominar os procedimentos, foi o líder do Campeonato Jorge Lorenzo quem assinou a terceira marca com a sua máquina da Yamaha Factory Racing. Ainda com a brilhante vitória de Le Mans fresca na memória, Lorenzo vai tentar voltar a levar a melhor sobre as Honda para dilatar um pouco mais a vantagem no topo da classificação.

Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3, que está agora a rodar com as mesmas especificações de travões que o companheiro de equipa Andrea Dovizioso, foi quarto, com Ben Spies, da Yamaha Factory Racing, não muito longe. Spies vai tentar apresentar um sólido fim-de-semana, isto depois de muito se ter já falado sobre a sua prestação aquém do esperado até ao momento nesta época. Em sexto lugar ficou Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) continua a impressionar aos comandos da moto satélite ao ter terminado a pouco mais de quatro décimos do topo apesar de ter sofrido queda no início da sessão.

Nicky Hayden (Ducati Team) foi o melhor representante da Ducati ao concluir a sessão a um centésimo de Bradl. Karel Abraham (Cardion AB Racing) parece ter recuperado alguma confiança depois de ter ficado atrás de Hayden, em oitavo. Dovizioso foi o nono melhor, com Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini) a fechar a lista dos dez primeiros. Valentino Rossi, da Ducati Team, foi 11º.

Além da queda de Bradl, registaram-se outros pequenos incidentes ao longo da sessão que envolveram o companheiro de equipa de Bautista, Michele Pirro, e Randy de Puniet (Power Electronics Aspar) tiveram breves saídas de pista, enquanto Yonny Hérnandez (Avintia Blusens) teve de trocar de montadas após problemas mecânicos.

Tags:
MotoGP, 2012, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›