Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo triunfa na Catalunha

Lorenzo triunfa na Catalunha

Jorge Lorenzo, da Yamaha Facotory Racing, reclamou fantástica e dominadora vitória este domingo no Grande Prémio da Catalunha, a terceira da época.

Vindo da segunda posição da grelha, o líder do Campeonato posicionou-se atrás do companheiro de equipa Ben Spies na primeira curva e manteve o terceiro posto até um erro de Spies na segunda volta o ter promovido à segunda posição, atrás de Dani Pedrosa. Os dois heróis da casa iniciaram então a luta pela liderança e as trocas de posições até seis voltas do final, altura em Lorenzo se impôs ao passar para primeiro e garantir uma vantagem de cinco segundos na linha de meta. A segunda vitória consecutiva deixa-o com 20 pontos de margem sobre o mais próximo rival no Campeonato do Mundo, Casey Stoner, e dá à Yamaha nove pontos de vantagem sobre a Honda na tabela de Construtores.

O companheiro de equipa Spies fez uma fantástica partida, disparando de quarto da grelha para a segunda posição atrás de Pedrosa na primeira curva. Ao cabo de duas voltas colado à roda do líder, o texano passou para a frente, mas infelizmente alargou a trajectória e caiu. Ele logrou voltar à corrida, em último, e a partir desse momento trabalhou de forma incansável para recuperar dez posições e terminar a corrida no décimo posto. O resultado traduziu-se em seis pontos, o que o deixa em 11º da feral antes da ronda de Silverstone, dentro de duas semanas.

A equipa fica agora na Catalunha para um dia de testes amanhã [segunda-feira] antes de rumar a Aragão para mais um dia de trabalho na quarta-feira.

Jorge Lorenzo: 1º, Tempo: 43m01,681s
“Estou muito contente com esta vitória porque foi um fim-de-semana muito complicado. Apresentámos uma prestação muito melhor que ontem; esteve muito calor na qualificação. A aderência da pista depois da chuva desta manhã também não estava fantástica. No início da corrida, quando perseguia o Den e o Dani, era muito fácil cometer um erro em travagem e tocar neles, pelo que esperei calmamente pela minha oportunidade. Quando o Ben cometeu o erro subi uma posição. Segui o Dani e vi o que ele ia fazendo, ele reduziu o ritmo de forma gradual e cometeu um erro, o que acabou por permitir a minha ultrapassagem e depois acelerei. Muito obrigado à Yamaha e à minha equipa pelo árduo trabalho levado a cabo para tornarem a moto fantástica para a vitória de hoje.”

Ben Spies: 10º, Tempo: +32,897s
“Estou mais desapontado pela equipa do que por mim porque me senti bem com a moto e foi bem claro que tínhamos máquina para terminar no pódio hoje. Cometi um erro na corrida e isso estragou tudo. Estávamos bem no início, mas estava a ficar impaciente com o Dani. Ele estava a travar-me, mas não consegui fazer a ultrapassagem na recta, pelo que tive de tentar em travagem e infelizmente fui parar ao limite da pista. Levantei-me e voltei à corrida e estava com bom ritmo, mas já era muito tarde para voltar à frente.”

Wilco Zeelenberg, Director Desportivo:
“Esta é a nossa terceira vitória e um resultado muito importante para o Jorge em casa. É também um momento importante da época para totalizarmos três vitórias e dois segundos lugares. Parece que temos um pacote muito forte para o resto da temporada e vamos testar novas coisas amanhã para o tornarmos ainda mais forte. O Jorge fez uma corrida brilhantes e a equipa dele também trabalhou muito durante todo o fim-de-semana para que ele vencesse.”

Comunicado de imprensa Yamaha Factory Team.

 

Tags:
MotoGP, 2012, GRAN PREMI APEROL DE CATALUNYA, Ben Spies, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›