Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo brilha em Silverstone

Lorenzo brilha em Silverstone

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, apresentou soberba prestação este domingo no Grande Prémio de Inglaterra ao garantir a vitória no circuito de Silverstone, a terceira consecutiva do ano.

Vindo da quarta posição da grelha, o espanhol ainda caiu para quinto no início da corrida e manteve a posição até à sexta volta, altura em que recuperou terreno para chegar a segundo, atrás de Casey Stoner. O australiano só conseguiu manter Lorenzo atrás de si durante quatro voltas, altura em que o líder do Campeonato desferiu o ataque para passar para a liderança após magnífica batalha com o rival ao longo de várias curvas.

Lorenzo ascendeu ao primeiro posto na 11ª volta para não mais perder a posição e a única ameaça ao triunfo foi um pequeno susto a quatro voltas do final. Ele cruzou a linha de meta com 3,313s de margem sobre Stoner, somando o máximo de pontos e dilatando a vantagem na frente da classificação de 2012 para 25 pontos. Lorenzo ruma a Assen dentro de duas semanas com um total de quatro vitórias em seis corridas e 140 pontos. A vitória serviu também para aumentar a vantagem da Yamaha na tabela de Construtores para 140 pontos, mais 14 que a Honda.

Ben Spies fez impressionante partida, saltando da primeira linha da grelha para a liderança logo na primeira curva. O texano apresentou depois voltas perfeitas na frente do pelotão e mostrava-se dominador, mas uma dramática quebra na aderência do pneu fez-lo cair para segunda na quinta volta, atrás de Stoner. Ele ainda tentou manter-se competitivo, mas acabou por cair quinto, posição que manteve até final. O resultado foi o melhor da época para o americano e valeu-lhe 11 pontos, totalizando agora 35 e ocupando o 11º posto.

Jorge Lorenzo

“A corrida de hoje foi muito difícil, os da frente estavam muito fortes e rápidos, pelo que me foi muito complicado apanhá-lo e manter-me com eles. Aos poucos o pneu traseiro foi perdendo, tinha boa confiança e estava mais rápido que os outros e comecei a apanhá-los. Quando cheguei até eles não queria cair, pelo que esperei pelo meu momento e fui paciente. Quando apanhei o Casey tivemos uma luta fantástica, felizmente para nós tinha melhor ritmo e passei-o. A quatro voltas do fim cometi um grande erro e quase fui ao chão! Estou muito contente com o resultado e pela equipa, que me deu outra vez uma grande moto.”

Ben Spies

“Hoje o dia foi melhor, fizemos boa partida e tive grande ritmo no início. Ao cabo de quatro ou cinco voltas tivemos um grande problema com o pneu traseiro e perdi todo o ritmo e a corrida. Depois disso foi gestão de danos. Desde o início da época até agora o Top 5 foi o melhor resultado. O potencial da moto foi fantástico hoje e podíamos ter estado na luta pelo pódio, ou pela vitória com o Jorge.”

Comunicado de imprensa Yamaha Factory Racing.

Tags:
MotoGP, 2012, HERTZ BRITISH GRAND PRIX, Ben Spies, Jorge Lorenzo, Yamaha Factory Racing

Outras actualizações que o podem interessar ›