Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Equipa Repsol Honda confiante para Assen

Equipa Repsol Honda confiante para Assen

Tanto o Campeão do Mundo Casey Stoner como o seu companheiro de equipa Dani Pedrosa destacam a importância de poder contar com tempo de pista seca para melhorar as prestações da moto com o pneu dianteiro.

Holanda é um destino lendário e o traçado TT Assen é o palco onde Casey Stoner e Dani Pedrosa vão lutar por ganhar e recuperar confiança para o início do um dos períodos mais intensos do Campeonato do Mundo, com três corridas consecutivas.

Como em Inglaterra, a meteorologia é muito instável em Assen, mas os pilotos oficiais da Repsol Honda vão para esta jornada com determinação depois do duplo pódio conseguido em Silverstone, a primeira corrida da equipa com o novo pneu dianteiro da Bridgestone.

Com as modificações efectuadas em 2006 o circuito de Assen ficou ligeiramente mais curto, mas continua a ter as rápidas alterações de direcção da zona antiga da pista, onde é necessária uma moto ágil e onde as suas curvas são um regalo para os amantes de uma pilotagem espectacular.

Casey Stoner, vencedor em Assen em 2008, conta com seis pódios neste traçado e nunca falhou um desde 2007. Dani Pedrosa, ausente na época passada por lesão, também conta com seis pódios aos comandos da Honda, três deles na categoria rainha.

Dani Pedrosa:

"Não pude correr aqui no ano passado por causa de lesão, mas é um circuito que conhecemos bem. Em Assen o tempo também pode ser instável, mas espero que possamos contar com alguns treinos no seco para continuarmos a melhorar a moto, torná-la mais fácil de pilotar. Precisamos de mais experiência com o pneu dianteiro e a ver se este fim-de-semana conseguimos melhorar um pouco mais. Em Assen é importante ter boas sensações com os pneus porque há uma zona de curvas muito rápidas. Tenho muita vontade de fazer esta corrida e espero estar ao mais alto nível.”

Casey Stoner:

"Conseguimos bom resultados em Assen no passado, mas também alguns muito maus, assim espero que este fim-de-semana possamos estar competitivos e não ter nenhuma lesão, como no ano passado quando me lesionei no pescoço; andei com essas maleitas todo o ano e ainda me queixo delas quando tenho problemas. Em Assen passamos muito tempo inclinados, os pneus sofrem e, por desgraça, esse é o ponto mais débil da nossa moto com estas borrachas. Por isso temos de trabalhar na quinta e sexta-feira para melhorar esse aspecto antes de podermos considerar que estamos competitivos na pista. Espero que tenhamos boas condições climatéricas porque necessitamos do máximo tempo possível de pista para resolvermos os nossos problemas com a moto. Com três corridas consecutivas pela frente é importante averbar bons resultados em Assen, Sachsenring e Mugello, o que nos obriga a estar muito concentrados.”

Tags:
MotoGP, 2012, IVECO TT ASSEN, Casey Stoner, Dani Pedrosa, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›