Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Spies impõe o ritmo na segunda sessão de livres em Assen

Ben Spies, da Yamaha Factory Racing, vencedor do ano passado em Assen, tirou total partido do dia de tempo seco para assinar o melhor tempo da segunda sessão de livres de MotoGP™ com vista ao Iveco TT Assen, à frente de Cal Crutchlow e Niky Hayden.

Numa sessão vespertina muito disputada foi Spies quem assinou a melhor volta no segundo 34 alto, relegando Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) para segunda por curta margem. O britânico ainda está a recuperar de fractura no tornozelo esquerdo. O terceiro posto ficou a cargo de Nicky Hayden (Ducati Team), que parece estar a dar continuidade ao excelente ritmo apresentado na sua Desmosedici no seco.

O homem da pole da última corrida, Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini), terminou o dia em quarto depois de mais uma boa demonstração aos comandos da Honda satélite. Em quinto ficou o companheiro de equipa de Spies, Jorge Lorenzo, que não conseguiu igualar o ritmo do norte-americano, perdendo, em particular, no último sector da pista.

Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, terminou em sexto e vai tentar melhorar significativamente amanhã para poder dar nova chama à sua corrida ao título. A sétima marca foi assinada pelo companheiro de equipa de Crutchlow, Andrea Dovizioso, que espera emendar a mão depois da queda na última corrida.

Valentino Rossi (Ducati Team) foi oitavo e mostrou algumas melhorias ao longo do dia, mas parece ainda estar a lutar um pouco em comparação com o companheiro de equipa americano. O italiano terminou à frente de Héctor Barberá (Pramac Racing Team), que recuperou bem de queda no início da sessão.

A lista dos dez primeiros ficou completa com Casey Stoner (Repsol Honda Team), que apenas completou oito voltas lançadas e deu mostras de estar a debater-se com problemas em ambas as motos. Ele foi o único a não melhorar o registo da manhã, ainda assim terminou o dia em sétimo na tabela de tempos combinados.

Aleix Espargaró, da Power Electronics Aspar, apresentou sólida prestação para terminar no topo das CRT, à frente do companheiro de equipa Randy de Puniet.

Tags:
MotoGP, 2012, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›