Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedroa lidera traiçoeira última sessão de livres no Ivec TT Assen

O tempo causou confusão na última sessão de treinos livres de MotoGP™ com vista ao Iveco TT Assen, onde Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, assinou a melhor volta à frente de Jorge Lorenzo e Álvaro Bautista.

A sessão começou com condições secas, mas com nuvens escuras e foi o companheiro de equipa de Pedrosa, Casey Stoner, quem apanhou as primeiras pingas de chuva, sofrendo aparatosa queda na Curva 9 assim que começou a chover. Ele saiu do local do acidente com alguma cautela, mas conseguiu voltar ao trabalho mais tarde.

O céu abriu por cinco minutos, período após o qual os pilotos tiveram ansiosa espera nas boxes para que a pista secasse. A 27 minutos do final Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP), Andrea Dovizioso (Monster Yamaha Tech 3), Pedrosa e Nikcy Hayden (Ducati Team) foram para a pista molhada para darem uma volta de avaliação e alguma rodagem aos pneus novos.

Contudo, foi Valentino Rossi (Ducati Team) quem liderou o ataque com pneus slicks a 15 minutos do final, mostrando ao resto da grelha que a pista tinha secado o bastante. Com as motos a regressarem lentamente à pista foi Pedrosa quem assinou a melhor marca de sessão, seguido de Lorenzo (Yamaha Factory Racing) e de Bautista (San Carlo Honda Gresini), ambos a melhorarem os registos de ontem.

Entre a dupla perseguidora da Tech 3, Cal Crutchlow e Dovizioso, só o italiano rodou mais rápido que ontem, com Crutchlow claramente cauteloso nas condições traiçoeiras devido à lesão no tornozelo. Stoner, que coxeava bastante após a sua queda, reatou o trabalho a sete minutos do final e registou a sexta marca da manhã.

A completar a lista dos dez primeiros ficaram Bradl, Hayden, Héctor Barberá (Pramac Racing Team) e o companheiro de equipa de Lorenzo,Ben Spies, enquanto o melhor CRT voltou a ser Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar). As condições climatéricas mistas tornaram difícil a avaliação dos ritmo dos pilotos já que foram muitos os que não puxaram ao máximo. Uma situação que deverá tornar a qualificação ainda mais disputada e emocionante já que será a primeira vez em que toda a grelha vai estar em pista com o traseiro macio.

Tags:
MotoGP, 2012, FP3

Outras actualizações que o podem interessar ›