Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Márquez dilata liderança do campeonato com vitória em Sachsenring 

Márquez dilata liderança do campeonato com vitória em Sachsenring 

Marc Márquez, da CatalunyaCaixa Repsol, venceu a solarenga corrida de Moto2™ do eni Motorrad Grande Prémio da Alemanha à frente de Mika Kallio e Alex de Angelis.

Márquez foi quem partiu melhor, seguido de Mika Kallio (Marc VDS Racing Team) e de Julián Simón (Blusens Avintia). O companheiro de equipa de Kallio, Scott Redding, sofreu queda no primeiro conjunto de curvas ao tocar em Toni Elías (Mapfre Aspar Team). Nas primeiras voltas Márquez e Kallio conseguiram pequena margem sobre os restantes, enquanto se assistia a animado despique pelo terceiro posto entre Andrea Iannone (Speed Master), a dupla da Tech 3 Racing, Bradley Smith e Xavier Siméon, e ainda Simón.

A 26 voltas do final já Iannone tinha apanhado os dois primeiros e passou Kallio para ir atrás de Márquez. Mais atrás, Simón perdia ritmo, com Dominque Aegerter (Technomag-CIP) e Alex de Angelis (NGM Mobile Forward Racing) a recuperarem terreno. Pol Espargaró (Pons 40 HP Tuenti) já tinha, entretanto, escalado até ao oitavo posto depois de partir de 17º.

Duas voltas mais tarde Elías sofreu queda e desistiu, enquanto Iannone continuo a pressionar ainda mais Márquez. Uma volta mais tarde Espargaró este em grande destaque ao evitar uma queda quase certa, mas perdeu várias posições. Para ajudar ainda mais às emoções, a 21 voltas do final Iannone passou Márquez, com o espanhol a responder quase de imediato. Na mesma volta o jovem brasileiro da JiR Moto2, Eric Granado, sofreu queda depois de incursão pela gravilha.

Depois disto veio o drama na frente com Iannone a sofrer queda depois de puxar demais na Curva 1, mas o italiano logrou voltar à corrida em 26º. A 15 voltas do final De Angelis passou Kallio na Curva 12, mas o finlandês esteve melhor à saída da curva e recuperou a segunda posição. Espargaró fez manobra idêntica sobre Corsi para chegar a quinto antes ainda da dupla passar Smith, que foi relegado para sexto. Poucas voltas mais tarde De Angelis fez nova tentativa, desta feita com sucesso, enquanto Espargaró começou a ir atrás dos três primeiros. Randy Krummenacher (GP Team Switzerland) sofreu queda na mesma volta, mas saiu ileso do contratempo.

Tom Lüthi (Interwetten-Paddock), que não fez boa partida, conseguiu passar Smith para chegar a sexto quando começou a ganhar ritmo. Enquanto isso, o companheiro de equipa de Espargaró, Axel Pons, deu continuidade ao fim-de-semana miserável ao desistir com problemas. Yuki Takahashi (NGM) também teve problemas, enquanto Elena Rosell (QMMF Racing Team) foi para as boxes com dificuldades técnicas. Ratthapark Wilairot (Thai Honda PTT Gresini Moto2) e Alessandro Andreozzi (S/Master Speed Up) também sofreram queda.

Na fase final a corrida acalmou um pouco, contudo Kallio ainda deu um derradeiro momento de emoção, a duas voltas do final, ao passar De Angelis na Curva 1 para assumir a segunda posição. De Angelis tentou recuperar na última curva, mas alargou a trajectória, dando ao finlandês melhor posição.

Márquez foi quem acabou por vencer, o seu quarto triunfo da época, com Kallio e De Angelis a completarem o pódio. Márquez lidera agora o Campeonato com 43 pontos de margem sobre Espargaró, quarto na corrida. Lüthi, Corsi, Smith, Siméon, Claudio Corti (Italtrans Racing Team) e Dominique Aegerter fecharam a lista dos dez primeiros.

Tags:
Moto2, 2012, eni MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›