Compra de bilhetes
VideoPass purchase

De Puniet triunfa entre as CRT em Sachsenring

De Puniet triunfa entre as CRT em Sachsenring

Os pilotos da Power Electronics Aspar concluíram mais um forte fim-de-semana e dilataram a vantagem na classificação entre as CRT.

Rodando com ritmo forte e consistente durante todo o fim-de-semana, Randy de Puniet colheu os frutos dos seus esforços no domingo. Apenas um pequeno problema o impediu de se qualificar como melhor piloto CRT no sábado, mas ao cabo da segunda volta da corrida era já 11º. De Puniet tentou seguir os pilotos satélite e de fábrica nos momentos iniciais, rodando com um ritmo de 1m24s que o isolou dos demais CRTs. Ele acabou por terminar em 11º, somando cinco pontos e voltando a assumir a liderança das CRT na classificação.

 

Apenas a um ponto de distância, com 23, está o companheiro de equipa Aleix Espargaró. Ambos os pilotos estão inseparáveis na classe, mas hoje o espanhol não conseguiu encontrar a melhor afinação após a chuva do fim-de-semana. Contudo, ele rodou bem o bastante para terminar em 13º.

 

Randy De Puniet

"Hoje fiz uma boa corrida para fechar um grande fim-de-semana. A minha partida foi perfeita e não demorei a apanhar o meu companheiro de equipa. Passei-o e colei-me à roda de alguns pilotos de fábrica durante umas voltas. Eles afastaram-se um pouco mais tarde, mas este ritmo inicial permitiu-me manter um andamento elevado. O Álvaro apanhou-me e também me mantive com ele, o que também me permitiu rodar rápido e consistente. Foi claramente o melhor fim-de-semana até agora – acima de tudo a corrida. Foi a segunda prova em que terminámos como melhor CRT, estamos todos a trabalhar bem e sinto-me confortável com a moto – o que se vê em pista. Estamos a caminhar na direcção certa e temos de continuar assim."

 

Aleix Espargaró

"A corrida de hoje foi dura porque não tínhamos a moto bem afinada para as condições como para a chuva. Quase não rodámos no seco este fim-de-semana e pagamos o preço por isso. Puxei o mais forte que pude no início, mas a moto não estava a rodar tão bem como queria, faltavam-me sensações na frente e senti dificuldades em manter a minha linha nas curvas rápidas. Mantive ritmo rápido para tentar manter a posição, mas o Colin passou-me no final. Perdemos algum tempo e isso é desapontante, tal como na Holanda. O Randy passou para a nossa frente, mas as coisas estão equilibradas. Temos de continuar a lutar para mantermos a nossa boa forma."

Comunicado de imprensa Power Electronics Aspar Team.

Tags:
MotoGP, 2012, eni MOTORRAD GRAND PRIX DEUTSCHLAND, Aleix Espargaro, Randy de Puniet, Power Electronics Aspar

Outras actualizações que o podem interessar ›