Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Dovizioso reclama quarto pódio em Mugello

Andrea Dovizioso, da Monster Yamaha Tech 3 Team, apresentou boa pilotagem sob pressão para reclamar muito merecido quarto pódio da época sob sol e perante o seu público nesta tarde de domingo em Mugello.

Dovizioso conquistou o quarto pódio em cinco corridas para grande alegria do quase 65.000 espectadores que marcaram presença em Mugello e que o viram levar a melhor em fascinante batalha com o germânico Stefan Bradl. O italiano tirou partido da sua experiência para de defender dos ataques de Bradl e garantir o 61º pódio da carreira de Grandes Prémios por apenas 0,046s de margem após intensa corrida até à meta.

O britânico Cal Crutchlow viu-se envolvido em batalha interessante ao longo da corrida com o favorito do público, Valentino Rossi. Crutchlow não podia pressionar mais Rossi, mas o italiano não cedeu e em excitante última volta o britânico arrebatou o sexto resultado da época entre os sete primeiros depois de passar Nicky Hayden na última curva.

Andrea Dovizioso

“Um pódio é sempre especial, mas perante o público italiano depois de tão intensa batalha é ainda melhor. Fiz uma partida perfeita e estava em terceiro na primeira curva e senti-me muito forte em travagem no início, pelo que passei o Dani na Curva 5. Vi logo que o Lorenzo estava mais rápido em algumas partes da pista, mas foi bom ver uma vez mais os pequenos pontos que tenho de melhorar para tirar o melhor partido da Yamaha. A luta com o Bradl durante toda a corrida foi fantástica e ele fez um grande trabalho. Não desistiu, o que me deixa ainda mais contente com este pódio e quero agradecer de novo à Monster Yamaha Tech 3. Estamos a trabalhar muito bem em conjunto e os nossos resultados são prova disso.”

Cal Crutchlow

“O meu início e as minhas primeiras cinco voltas decidiram a corrida porque fiz uma péssima partida. Assim que encontrei o meu ritmo estava confortável, mas não tive boas sensações com o depósito de combustível cheio e isso é algo que temos de trabalhar. A luta com o Valentino foi excelente e aprendi muito com ele. O conhecimento que ele tem da pista é inigualável e as consistência dele foi impressionante. Estava mais rápido que ele na última secção, mas não estava suficientemente perto para o passar em travagem e ele tinha uma moto rápida na recta. Fiz todos os possíveis, mas ele é incrível em travagem e não me deu uma hipótese. Também quero dar os parabéns ao Andrea. Está a fazer um grande trabalho e conseguir três pódios consecutivos nesta categoria é um grande feito. Ele consegui-o perante o seu público e isso mostra o excelente trabalho que a Monster Yamaha Tech 3 Team está a fazer em 2012.”

Comunicado de imprensa Monster Yamaha Tech 3.

Tags:
MotoGP, 2012, Cal Crutchlow, Andrea Dovizioso, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›