Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Passos positivos para a Repsol Honda Team no teste de Mugello

Depois de três exigentes semanas, com corridas consecutivas na Holanda, Alemanha e Itália, a Repsol Honda Team concluiu um dia positivo de testes no circuito de Mugello.

A equipa de fábrica da Honda regressou à pista esta manhã para testar um novo motor e um novo protótipo que a HRC desenvolveu, com o objectivo de melhorar a prestação da RC213V. Dani Pedrosa completou 53 voltas, marcando como melhor tempo 1m47,549s, dois décimos abaixo do recorde do circuito que estabeleceu na corrida de domingo (1m47,705), enquanto Stoner fez 47 voltas com o melhor tempo fixado em 1m47,551s, a apenas dois centésimos do seu companheiro de equipa.

Dani Pedrosa

"Testámos muitas coisas hoje e estou feliz porque encontrámos pontos positivos com o novo motor e também com o novo chassis que nos podem vir a ajudar na segunda parte da temporada. Estou mesmo desejoso de melhorias depois das coisas que testámos, com o peso extra e com os pneus da frente e neste teste demos um passo em frente. A Honda está a trabalhar muito e tenho a certeza de que vão fazer o seu melhor para nos fornecerem os novos componentes para Laguna e para as corridas seguintes. De qualquer forma, o motor é melhor nas curvas, os travões são mais regulares, por isso ajuda a entrar das curvas. Fiz a minha melhor volta com a minha moto actual, mas é normal porque estou habituado a ela. Com a nova moto fiz uma asneira ao colocar uma mudança e cai na terceira volta, por isso não pode correr mais, mas a sensação foi positiva”.

Casey Stoner

"Tivemos um novo motor e um novo chassis para testar hoje. Com o motor encontrámos algumas melhorias, mais regular e com um pouco mais de potência. Em relação ao chassis eu não encontro vantagens, tentámos muitas coisas diferentes, mas não consegui ter uma sensação melhor. Havia algumas pequenas áreas em que melhorava, mas nada em termos de prestação ou de tempos, apenas uma melhoria muito ligeira na travagem. Este não era verdadeiramente o teste que estávamos à espera, esperávamos alguma coisa que nos ajudasse nas curvas, mas infelizmente não encontrámos nada. Se pudermos ter o novo motor com o chassis actual, é a melhor combinação, mas não temos a certeza se o poderemos ter a tempo para Laguna Seca, por isso vamos ter de esperar para ver”.

Comunicado de imprensa da Repsol Honda.

Tags:
MotoGP, 2012, Dani Pedrosa, Casey Stoner, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›