Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Wild card americano Steve Rapp vai "atacar" em Laguna Seca

Steve Rapp pode ser um nome com forte ligação às competições AMA, mas agora vai estrear-se no MotoGP™ com participações wild card aos comandos da sua Attack Performance CRT.

Rapp, que corre desde 1997, compete actualmente no AMA Superbike com a Attack Performance Kawasaki, e vai ser o primeiro piloto a participar no MotoGP como wild card sob o novo formato das CRT. A sua equipa confirmou que vai fazer correr uma moto de construção própria em Laguna Seca e Indianapolis; duas pistas que Rapp conhece bem e onde já terminou no pódio.

O motogp.com falou com Rapp antes de partir para o primeiro teste com a formação, discutindo o ambicioso projecto da equipa e como é que ele se sente em relação à sua eminente estreia no Campeonato do Mundo.

Como é que surgiu esta oportunidade para correres como wild card no MotoGP?

“O Richard Stanboli [patrão da Attack Performance] falou comigo no início de Março. Andávamos a tentar colocar algo em é para corrermos na AMA, mas as coisas continuavam a cair por terra. Depois ele perguntou-se sobre as CRT e disse “porque não”. Depois ele telefonou-me um dia para dizer que tínhamos sido aceites. Por mais louco que parecesse, sabia que ia acontecer. Tendo também trabalhado com ele no passado, sei que é uma pessoa que sabe como fazer as coisas.”

Quão grande foi o teu contributo?

“Não contribui muito para o desenho da moto. Talvez algumas coisas em termos de dimensões, como o tamanho do depósito de combustível, etc. O principal contributo virá quando montar a moto. Vamos fazer um teste este fim-de-semana numa pista próxima de Laguna Seca, na Buttonwillow Raceway Park. Possivelmente durante quatro dias. Será a minha esteira na moto. Vamos passar os dois primeiros dias com pneus Dunlop para prepararmos a moto e depois trocamos para os Bridgestone para os outros dois dias.”

“Já rodei com muitas motos novas na minha carreira, pelo que me sinto confiante. O mais complicado será o tempo necessário para afinar a moto para acabarmos com pequenos problemas. São precisas várias voltas com qualquer nova moto, algum tempo para se ter tudo a funcionar bem. Mesmo na AMA levámos cinco a seis corridas para chegarmos ao bom ponto em que estamos agora, por isso será complicado com a CRT.”

Quão confiante estás em relação às pistas e que objectivos tu e a equipa têm para cada corrida?

“Estou 100% confiante em relação às pistas. Corro em Laguna há dez anos e no ano passado corri em Indianapolis, onde fui segundo em ambas as corridas. Ainda não falámos de objectivos. Ter a moto em pista ao cabo de apenas quatro meses será só por si um grande resultado. Creio que esperamos um fim-de-semana sem problemas, sem acidentes. Mas ainda não posso especular em termos de resultados porque ainda não me sentei na moto.”

Vês-te a ti e á equipa como participantes a tempo inteiro nas CRT em 2013?

“É uma possibilidade. A única verdadeira variável é o aspecto financeiro. O Richard pode claramente fazê-lo. Como engenheiro seria o sonho dele porque não AMA não se pode fazer mais [inovar e desenhar livremente]. Se o chassis for bom, talvez isso o leve a fazer quadros para outras pessoas porque ele tem o seu próprio negócio de peças para corridas.”

Vais competir nas corridas de MotoGP e da AMA em Laguna Seca? Como está a tua forma física neste momento?

“O é plano é participar em ambas. Quanto vou rodar em todas as sessões não sei. Talvez tente poupar alguma energia. Sempre estive fisicamente apto, mas sim, aumentei o meu treino e agora estou a sentir os efeitos positivos. No início de Maio fracturei o pulso quando caí porque a moto tinha uma fuga de óleo [na Infineon Raceway, no Norte da California, durante a qualificação para classe de motos eléctricas da TTXGP. Rapp estava a substituir Steve Atlas, na Brammo, após acidente no início do fim-de-semana]. Não perdi uma corrida depois disso – mas estive em “modo de recuperação”. Mas agora sinto-me bem.”

O que mais queres?

”Alinhar na corrida de MotoGP é o melhor. Creio que com o projecto do Richard estar na grelha só por si será fantástico”

Tags:
MotoGP, 2012

Outras actualizações que o podem interessar ›