Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa no topo após segunda sessão do livres do Red Bul GP dos EUA

Pedrosa no topo após segunda sessão do livres do Red Bul GP dos EUA

Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, marcou o ritmo no primeiro dia de treinos sob o sol californiano no Red Bul Grande Prémio dos Estados Unidos, em Laguna Seca, ao terminar à frente de Jorge Lorenzo e Casey Stoner.

A volta no segundo 21 baixo de Pedrosa, que bateu o anterior recorde do circuito, destronou o líder do Campeonato Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, da primeira posição na segunda sessão de livres por três décimos de segundo. O companheiro de equipa de Pedrosa, Casey Stoner, foi terceiro por curta margem, mas foi travado pelo trafego na última volta lançada, o que o obrigou a ligeira saída de pista.

A quarta posição na tabela de tempos ficou a cargo de Ben Spies, da Yamaha, que no início da semana anunciou que vai deixar a formação dos três diapasões no final da época. Em quinto ficou Andrea Dovizioso (Yamaha Monster Tech 3), que se mostrou em boa forma e deu mostras de querer lutar pelo lugar que vai ficar livre na formação de fábrica. O seu companheiro de equipa Cal Crutchlow assinou o sexto crono do dia, isto apesar de ter sofrido forte queda à entrada para a Curva 10. Ainda assim teve sorte ao não se lesionar.

Nicky Hayden (Ducati Team), que já renovou contrato com a equipa italiana, registou o sétimo tempo. Em oitavo ficou Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP), que teve bom dia na estreia na California no MotoGP. O germânico ficou a 1,5 segundos do topo na sessão da tarde. Valentino Rossi, da Ducati, assinou a nona marca, mas também sofreu queda ao entrar para a Curva 3, o que levou à apresentação de bandeira vermelha para reparação do “air-fence”. Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini), que sofreu queda na mesma curva que Rossi pouco antes, terminou o treino em décimo. Ambos os pilotos saíram ilesos dos contratempos.

Aleix Espargaró, da Power Electronics Aspar, foi o melhor piloto CRT, em 11º. Colin Edwards (NGM Mobile Forward Racing) deu continuidade ao bom momento de forma pelo qual está a passar ao garantir a 13ª marca e bater Toni Elías (Pramac Racing Team) que está a substituir o lesionado Héctor Barberá e assinou o 14º crono. O wild card Steve Rapp, da Attack Performance, foi 22º, a menos de sete segundos da frente.

Tags:
MotoGP, 2012, RED BULL U.S. GRAND PRIX, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›