Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner voa para a vitória na corrida de Laguna Seca

Stoner voa para a vitória na corrida de Laguna Seca

Neste fim-de-semana, no Red Bull Grande Prémio dos Estados Unidos, foi o piloto da Repsol Honda Team Casey Stoner que assinou uma dura vitória à frente de Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa.

Foi o piloto da Yamaha Factory Racing Lorenzo que tomou a dianteira para uma complicada primeira volta, com os homens da Repsol Honda Team Pedrosa e Stoner no seu encalço. Stoner foi o único dos homens da frente a começar a corrida com o pneu traseiro macio, enquanto os dois espanhóis optaram por utilizar componentes duros. O piloto da San Carlo Honda Gresini Michele Pirro caiu logo no início da corrida, ainda antes de Toni Elías, da Pramac Racing Team.

Na segunda volta, Stoner parecia ter encontrado o ritmo e ultrapassou Pedrosa, que antes já tinha tentado desafiar Lorenzo na frente da corrida. Enquanto Lorenzo tentava travar os dois adversários, Ben Spies da Yamaha, integrava um grupo de quatro perseguidores, que incluía ainda os homens da Monster Yamaha Tech 3 Andrea Dovizioso e Cal Crutchlow, além de Stefan Bradl. Quando faltavam 22 voltas para o final, Crutchlow estava já colado a Dovizioso, dando continuidade à luta que têm travado durante toda a temporada. Na frente Lorenzo continuava a tentar travar Stoner, que o perseguia à procura de uma hipótese para o ultrapassar, enquanto Pedrosa parecia confortável no terceiro posto. Uma volta mais tarde, o homem da Ducati Team Nicky Hayden corria na oitava posição, depois de ter passado Valentino Rossi.

Quando o trio da frente cumpria a 13ª volta, Pedrosa sentiu a moto fugir na última curva, mas conseguiu aguentar a máquina. Contudo, acabou por perder tempo, ficando a um segundo de Stoner. Na mesma volta, Mattia Pasini, da Speed Master, foi obrigado a sair, devido a um problema mecânico. Quando faltavam 14 voltas para o final, Lorenzo teve um pequeno deslize no "saca-rolhas", quando Stoner tentava uma vez mais ultrapassá-lo. Uma volta mais tarde, o homem da Came IodaRacing Project Danilo desistiu devido a um problema técnico, enquanto James Ellison, da Paul Bird Motorsport, caiu pouco depois. A 11 voltas do final Stoner conseguiu apanhar Lorenzo na curva um, tal como tinha acontecido no ano passado, e chegou finalmente à liderança da corrida. Essa não foi uma boa volta para a Yamaha, com Spies a cair, na zona de aceleração à saída do "saca-rolhas", devido a uma falha mecânica no braço oscilante.

Stoner e Lorenzo faziam uma corrida à parte na frente e, quando faltavam nove voltas, começaram a ultrapassar os pilotos mais lentos. Na mesma volta, Dovizioso conseguiu passar Crutchlow, com os dois pilotos a rodarem colados. Pouco depois, Hayden conseguiu chegar perto de Bradl, tentando ultrapassar o germânico em frente ao seu público caseiro. A cinco voltas do final conseguiu finalmente atingir o seu objectivo, saindo em perseguição de Crutchlow.

A três voltas do final, Stoner parecia não querer abrandar, apesar de Lorenzo já estar um segundo atrás de si, enquanto Pedrosa seguia mais atrás, a três segundos, no terceiro posto. Quem continuava a entusiasmar o público eram os homens da Tech3, que continuavam a lutar. Mas o drama estava guardado para a penúltima volta, quando Rossi caiu à entrada do "saca-rolhas", acabando por desistir pela primeira vez na temporada. Felizmente, a queda não teve qualquer consequência.

No final, a opção de Stoner pelo pneu macio parecia ter sido a mais acertada, com o piloto a cruzar a linha da meta com uma vantagem de mais de três segundos, à frente de Lorenzo e Pedrosa, que completaram o pódio. Lorenzo continua a liderar o Campeonato, com uma vantagem de 23 pontos para Pedrosa e de 32 para Stoner. Dovizioso terminou na quarta posição, seguido por Crutchlow, Hayden e Bradl. O oitavo posto ficou para o piloto da San Carlo Álvaro Bautista, à frente do Aleix Espargaró, melhor em CRT ao comando da sua máquina Power Electronics Aspar. O homem da Cardion AB Racing Karel Abraham completou o Top 10, no regresso às corridas depois de uma lesão.

Tags:
MotoGP, 2012, RED BULL U.S. GRAND PRIX, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›