Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner critica passagem de Rossi para a Yamaha

Stoner critica passagem de Rossi para a Yamaha

Numa entrevista com a publicação britânica MCN, o Campeão do Mundo Casey Stoner criticou Valentino Rossi e o seu chefe de equipa Jeremy Burgess por não terem mudado a sorte da Ducati como haviam prometido.

O piloto da Repsol Honda referia-se às palavras de Rossi e de Burgess, que disseram ser capazes de criar uma moto em que qualquer piloto poderia vencer. O italiano e a sua equipa só conseguiram somar dois pódios na última temporada e meia, com o sete vezes campeão da categoria rainha a ter anunciado recentemente que ia regressar à Yamaha em 2013 com contrato de dois anos.

Stoner, que venceu o Campeonato do Mundo com a Ducati em 2007 e se manteve com a formação até 2010 proferiu palavras fortes sobre o acontecimentos mais recentes: "Eles tiveram de engolir as palavras que disseram desde o primeiro dia. O Jerry disse que precisava de 80 segundos para resolver os problemas daquela moto e que era simples e agora tiveram quase dois anos e não conseguiram nada. O Valentino não quer claramente puxar os limites e rodar com uma moto que não é perfeita; ele já admitiu isso."

"É claro que ele não se quer esforçar com a Ducati. Tenho muita pena pela Ducati por o Valentino ter ido para lá e não ter feito nada a não ser queixar-se da moto durante quase dois anos. A quantidade de vezes que esse tipo teve de engolir o que disse não é engraçado, mas as pessoas ainda o perdoam por isso."

Leia o artigo completo e entrevista (em inglês) em MCN.

Tags:
MotoGP, 2012, RED BULL INDIANAPOLIS GRAND PRIX

Outras actualizações que o podem interessar ›