Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Stoner regressa à Austrália para ser operado

Stoner regressa à Austrália para ser operado

Casey Stoner vai falhar o bwin Grande Prémio da República Checa uma vez que vai rumar à Austrália para tratamentos à lesão no tornozelo contraída no último fim-de-semana em Indianápolis.

Casey Stoner vai deixar Brno esta noite rumo à Austrália após ter sido aconselhado pelos médicos a ser operado ao tornozelo para evitar lesões permanentes. Ele confirmou numa conferência de imprensa esta tarde que neste momento não tem ideia de quanto tempo poderá demorar a recuperações depois de ser operado no início da próxima semana. Ele disse: “Eles tiveram de enviar o disco [com os exames médicos] e viram-nos hoje e decidiram que o pior que podia fazer era continuar assim e a correr. O melhor a fazer seria voltar e ser operado o mais depressa possível para ter a recuperação mais rápida possível antes do final da época e, espero, poder voltar.”

“Sempre me pareceu que a decisão seria esta. Toda a gente me sugeriu que não corresse no domingo em Indianápolis, pelo que não esperava que a situação melhorasse aqui. É muito desapontante; não queríamos isto, especialmente na minha última época. Vamos para alguns circuitos para a esquerda e, para ser franco, circuitos que são da minha preferência. Nunca se sabe o que podia ter acontecido na parte final da temporada, mas vou dar o máximo. Não me arrependo [de ter corrido em Indianápolis]. Nunca segui muito as ordens dos outros em coisas deste género no passado. Mas agora se acontecesse outro acidente os danos seriam muito grandes. É muito frustrante pensar que podia passar sem esta lesão.”

A Repsol Honda revelou que espera ele espera estar de volta uma, ou duas, corridas antes da ronda em casa, em Phillip Island em Outubro, mas também revelou que nada pode ser confirmado até a cirurgia ter lugar: “Acredito que posso voltar antes de Phillip Island. Depende tudo da operação, como eles [os médicos] virem as coisas. Espero que me façam voltar à pista o mais depressa possível e pelo menos correr nas últimas provas da época. Mas também pode não depender do que os médicos dizem.”

Stoner revelou-se muito desapontado com a lesão que acredita ter colocado ponto final na sua luta pela revalidação do ceptro: “Perdi campeonatos no passado, pelo sei como é. Estamos praticamente fora da corrida, mesmo alinhando neste fim-de-semana. Mas agora que não vou correr está tudo mesmo acabado. Muito frustrante, mas a vida continua.”

Tags:
MotoGP, 2012, bwin GRAND PRIX ČESKÉ REPUBLIKY, Casey Stoner, Repsol Honda Team

Outras actualizações que o podem interessar ›