Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Pedrosa anima Campeonato com vitória em Brno

O piloto da Repsol Honda Team Dani Pedrosa voou para um emocionante triunfo no bwin Grande Prémio da República Checa deste fim-de-semana, à frente de Jorge Lorenzo e Cal Crutchlow.

Apesar das nuvens negras que surgiam de vez em quando, a pista estava seca, para agrado dos pilotos e público. E, foi o piloto da Yamaha Factory Racing Lorenzo que se chegou à frente, com Pedrosa e o homem da Monster Yamaha Tech 3 Crutchlow na sua traseira. Ben Spies (Yamaha) parece continuar em maré de azar, caindo poucas curvas depois da partida. A queda deixou o caminho livre para Andrea Dovizioso (Tech3) e Valentino Rossi (Ducati Team) perseguirem o terceiro lugar de Crutchlow.

Ainda com 17 voltas para correr, Stefan Bradl ((LCR Honda MotoGP) envolveu-se numa interessante luta com o homem da San Carlo Honda Gresini’s Álvaro Bautista, com o alemão a alcançar o sexto posto após algumas curvas. Entretanto, Spies parecia ter reencontrado o ritmo e tentava chegar à frente, depois de atirado para a 13ª posição. Três voltas mais tarde, Bradl confrontava-se com Rossi pelo quinto lugar, levando a melhor ao italiano após várias tentativas. Na mesma volta, a corrida de Spies acabou, depois de mais uma queda.

Iván Silva (Avintia Blusens) teve um problema técnico a 12 voltas do final, enquanto Lorenzo e Pedrosa lutavam pela frente da corrida, já a uma significativa distância de Crutchlow. Na mesma volta, Bautista ultrapassou Rossi, cuja Desmosedici parecia estar a andar mais devagar. Uma volta mais tarde, Pedrosa introduziu ainda mais emoção na luta pela frente da corrida, ultrapassando Pedrosa por dentro, mas continuou a ter o maiorquino colado ao seu pneu traseiro.

O melhor da corrida de MotoGP estava guardado para a última volta, com Lorenzo a forçar a ultrapassagem a Pedrosa. O piloto da Repsol Honda respondeu quase de imediato e os dois entraram na última curva quase lado a lado. Com Pedrosa a entrar melhor, conseguiu passar a linha da meta em primeiro, arrecadando a terceira vitória da temporada.

Crutchlow conseguiu o seu primeiro pódio de sempre na categoria de MotoGP, uma boa forma de celebrar a renovação do seu contrato assinado com a equipa este fim-de-semana. A vitória de Pedrosa colocou-o apenas a 13 pontos de distância de Lorenzo na classificação do Campeonato do Mundo, que assim conhece nova emoção. O quarto posto ficou para Dovizioso, à frente de Bradl, Bautista, Rossi e do piloto da Power Electronics Aspar Randy de Puniet, o melhor das CRT.O piloto caseiro da Cardion AB Racing Karel Abraham e o companheiro de equipa de De Puniet, Aleix Espargaró, completaram o Top 10.

Tags:
MotoGP, 2012, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›