Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Luta Lorenzo vs Pedrosa aquece com MotoGP™ em Misano

Luta Lorenzo vs Pedrosa aquece com MotoGP™ em Misano

O Grande Prémio Aperol de São Marino e da Riviera de Rimini dá as boas-vindas à grelha do MotoGP™ a Misano neste fim-de-semana com a luta no topo da classificação da categoria rainha a aumentar de intensidade, com Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, e Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, em grande forma.

Com Pedrosa apenas a 13 pontos de distância do rival espanhol ele deverá certamente tentar recuperar mais pontos quando faltam apenas seis jornadas até ao final da época. Ainda assim, Lorenzo terá palavra a dizer depois de ter vencido em Misano de forma dominadora no ano passado. Casey Stoner, da Repsol Honda, ainda está a recuperar da operação ao tornozelo de há duas semanas e vai ser substituído pelo piloto da Irlanda do Norte Jonathan Rea (SBK Ten Kate Honda). Ele conta já com um total de três dias de testes aos comandos da Honda RC213V e vai tentar apresentar boa prestação na sua estreia no MotoGP™.

O companheiro de equipa de Lorenzo, Ben Spies, que da última vez teve uma jornada para esquecer, espera ter um fim-de-semana sem problemas e voltar a lutar pelo pódio. Como é habitual, terá de fazer frente aos intentos de Andrea Dovizioso e de Cal Crutchlow, da Monster Yamaha Tech 3. O britânico não só assinou o primeiro pódio em Brno, como foi o melhor teste oficial que se seguiu à ronda checa, o que faz dele um sério candidato para Misano. Mas o seu companheiro de equipa italiano não vai querer ser batido em casa e deverá fazer tudo para voltar a levar a melhor.

Valentino Rossi, da Ducati Team, que levou a cabo teste privado na pista há duas semanas, vai tentar apresentar resultado positivo em casa enquanto procura melhorar a Desmosedici para um bom final de temporada. O seu companheiro de equipa Nicky Hayden, que falhou a última corrida devido a lesão, vai voltar a rodar em Itália. Ele nunca terminou uma prova na pista desde que se juntou à Ducati Team em 2008. A dupla de fábrica da marca italiana vai tentar terminar à frente das Hondas satélite de Stefan Bradl e Álvaro Bautista. Bradl, da LCR Honda MotoGP, que testou a RC213V oficial na semana passada e foi segundo na corrida de Moto2™ do ano passado, espera poder lutar pelo pódio na corrida caseira da formação. Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini) tem, por seu lado, as mesmas intenções e provavelmente vai tentar estragar a festa ao germânico.

As Ducati satélite voltam em plena força com Héctor Barberá (Pramac Racing Team), depois de ter recuperado da fractura na vértebra, e com Karel Abraham (Cardion AB Racing), que foi nono em Brno. O contingente das CRT foi alvo de algumas alterações desde a República Checa, com o espanhol David Salom a substituir Iván Silva na Avintia Blusens Team, e Danilo Petrucci (Came IodaRacing Project) a rodar com uma Suter-BMW. Colin Edwards, da NGM Mobile Forward Racing, vai continuar a competir com a sua Suter e terá de novo de lutar contra a dupla da Power Electronics Aspar, Randy de Puniet e Aleix Espargaró, Michele Pirro (San Carlo), Mattia Pasini (Speed Master), Yonny Hernandez (Avintia) e James Ellison (Paul Bird Motorsport).

Tags:
MotoGP, 2012, GP APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI

Outras actualizações que o podem interessar ›