Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa conquista pole em espectacular ataque de última hora em Misano

Pedrosa conquista pole em espectacular ataque de última hora em Misano

Com as condições climatéricas a mostrarem-se muito melhores na qualificação de MotoGP™ do Grande Prémio Aperol de São Marino e da Riviera de Rimini, em Misano, foi Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, quem voou para a pole position para a corrida de amanhã, à frente de Jorge Lorenzo e Cal Crutchlow.

Na primeira sessão até ao momento disputada no seco a volta no segundo 33 alto de Pedrosa foi o bastante para relegar Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, para a segunda posição por menos de dois centésimos de segundo. Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3) também se apresentou no ritmo; o britânico chegou a deter a pole provisória nos minutos finais, mas acabou depois por ser superado pela dupla espanhola.

O quarto posto foi para Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP), que parece cada vez mais ter o pacote completo na sua montada ao apresentar excelente prestação. A seu lado, em quinto, vai partir Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini), que apresentou bom espectáculo para a equipa naquela que é a corrida caseira da formação. A fechar a segunda linha da grelha está Valentino Rossi (Ducati Team), que efectuou uma das melhores qualificações do ano ao terminar a apenas sete décimos do topo.

A terceira linha é encabeçada por Andrea Dovizioso (Tech 3), que deverá estar desapontado por não ter igualado o ritmo do companheiro de equipa perante o público da casa. Ele levou a melhor sobre Ben Spies (Yamaha) depois do americano ter recuperado bem de queda a meio da sessão. Em nono ficou Jonathan Rea (Repsol Honda Team), que mostrou não ter sido afectado pelo pouco tempo de pista, rodando consideravelmente mais rápido com a Honda de fábrica naquela que é a estreia no MotoGP. Nicky Hayden (Ducati Team) completou a lista dos dez primeiros, isto apesar de ainda se queixar da lesão na mão direita. Randy de Puniet (Power Electronics Aspar) foi o melhor piloto CRT em 12º. Além da queda de Spies, Mattia Pasini (Speed Master) foi o único outro piloto a ir ao chão.

Tags:
MotoGP, 2012, GP APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›