Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Lorenzo roda para vitória dominadora em emocionante corrida de Misano

Lorenzo roda para vitória dominadora em emocionante corrida de Misano

Jorge Lorenzo, da Yamaha Factory Racing, disparou para a vitória em dramática corrida no Grande Prémio Aperol de São Marino e da Riviera de Rimini deste fim-de-semana, à frente de Valentino Rossi e Álvaro Bautista.

Foi uma partida problemática e abortada devido a problemas com a Ducati da Cardion AB Racing de Karel Abraham, o que levou a novo procedimento. A corrida foi então reduzida para 27 voltas devido a mais uma volta de apresentação, mas houve ainda mais uma reviravolta com o homem da pole, Dani Pedrosa (Repsol Honda Team), a ter de partir do final da grelha depois de ter levado a sua moto ao pit lane para a voltar a ligar.

A história teve mais uma reviravolta no que toca à luta pelo ceptro com Pedrosa a ser colocado fora da corrida nas primeiras curvas pela ronda frontal de Héctor Barberá (Pramac Racing), tudo quando o espanhol recuperava terreno. Na frente Lorenzo fazia a melhor partida, seguido por um bravo Valentino Rossi com a sua Ducati e por Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP).

Pouco depois foi a vez de Abraham ir ao chão, o mesmo acontecendo com Mattia Pasini (Speed Master) e Cal Crutchlow (Monster Yamaha Tech 3). O companheiro de equipa do britânico, Dovizioso, mantinha-se colado a Bradl, enquanto Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini) passava Ben Spies (Yamaha) para chegar a quinto. A 19 voltas do final Lorenzo tinha-se afastado de Rossi, que trabalhava de forma incansável para manter Bradl afastado.

A 12 voltas do final Bautista apanhou a roda traseira de Dovizioso e procurava forma de passar. Após mais de meia volta atrás do italiano o espanhol passou para quarto para ir atrás de Bradl, que acabou por apanhar duas voltas mais tarde. Bautista parecia um homem possuído ao passar o germânico para o mais baixo do pódio. Atrás do espanhol, Bradl, Dovizioso e Spies estavam todos a aproximar-se quando faltavam sete voltas para o final, proporcionando emocionante luta pelo terceiro posto.

A três voltas do final Aleix Espargaró (Power Electronics Aspar) viu-se forçado a desistir da corrida, enquanto Dovizioso e Spies passavam Bradl. Pouco depois o italiano levava a cabo arrebatadora luta pelo terceiro lugar com Bautista mesmo até ao final. Enquanto isso, Lorenzo vencia a corrida à frente de Rossi e com Bautista a estrear-se no pódio depois de photo finish com Dovizioso. A sexta vitória de Lorenzo deixa-o com 38 pontos de vantagem na frente do Campeonato, enquanto o pódio de Rossi foi o seu melhor resultado com a Ducati no Seco. Atrás de Dovizioso terminaram Spies, Bradl e Nicky Hayden (Ducati). Rea (Repsol Honda) esteve bem ao terminar em oitavo no GP de estreia, à frente do companheiro de equipa de Espargaró, De Puniet, e de Pirro, da San Carlo.

Tags:
MotoGP, 2012, GP APEROL DI SAN MARINO E DELLA RIVIERA DI RIMINI, RAC

Outras actualizações que o podem interessar ›