Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Oliveira lidera em sessão interrompida por bandeira vermelha

Oliveira lidera em sessão interrompida por bandeira vermelha

Os pilotos lutaram com condições de piso molhado no circuito espanhol e viram mesmo a primeira sessão de treinos do Grande Prémio Iveco de Aragão de Moto3™ encurtada devido a bandeira vermelha, mas Miguel Oliveira, da Estrella Galicia 0,0, foi o mais rápido apesar de ter sofrido queda e terminou à frente de Luis Salom e Jonas Folger.

O português, actual nono no Campeonato do Mundo, foi quem melhor lidou com as condições de pista molhada para liderar a sessão com um tempo de 2m11,415s com a sua Suter Honda antes de uma queda que levou ao final da sessão.

A bandeira vermelha foi apresentada a pouco menos de cinco minutos do final depois de Oliveira e Adrián Martín (JHK t-shirt Laglisse) terem caído, o que levou os comissários a terem de limpar a pista dos detritos e do óleo.

Atrás de Oliveira na tabela de tempos de FP1 ficou Salom (RW Racing GP) a 1,355s da frente, com Folger (Mapfre Aspar Team Moto3) em terceiro, a 1,424s do topo.

O líder do Campeonato Sandro Cortese foi o quarto melhor, enquanto o seu companheiro de equipa na Red Bull KTM Ajo, Danny Kent, completou a lista dos cinco primeiros.

O Top 10 contou ainda com Zulfahmi Khairuddin (Airasia - SIC – Ajo), Brad Binder (RW Racing GP), Alex Rins (Estrella Galicia 0'0), o wild card Jorge Navarro (Bradol Larresport) e Maverick Viñales (Blusens Avintia).

O incidente da bandeira vermelha levou ao final da sessão e os procedimentos do MotoGP™ e Moto2™ sofreram grande atraso devido a Loris Capirossi e os seus oficiais de segurança terem feito tudo para garantirem que a pista ficava limpa para as demais sessões de livres.

Registaram-se ainda quedas por parte de Rins, Niccolò Antonelli, Armando Pontone, Danny Webb e Efrén Vázquez, mas felizmente nenhum dos pilotos se magoou nos incidentes.

Tags:
Moto3, 2012, GRAN PREMIO IVECO DE ARAGÓN, FP1

Outras actualizações que o podem interessar ›