Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Pedrosa mais rápido na segunda sessão de livres no Japão

Pedrosa mais rápido na segunda sessão de livres no Japão

Dani Pedrosa, da Repsol Honda Team, foi quem assinou o melhor tempo na sessão vespertina do primeiro dia de treinos do AirAsia Grande Prémio do Japão, em Motegi, batendo Jorge Lorenzo e Andrea Dovizioso.

Pedrosa rodou no segundo 46 baixo, o suficiente para relegar Jorge Lorenzo (Yamaha Factory Racing) para segundo nas condições secas e solarengas. O líder do campeonato assinou a sua melhor marca com o slick traseiro mais duro, isto apesar de ter uma opção mais macia. O melhor tempo de Pedrosa surgiu no final da sessão depois de rápido ajuste à frente da moto na sequência de breve incursão pela gravilha. O terceiro posto ficou a cargo de Dovizioso (Monster Yamaha Tech 3); o italiano melhor o ritmo perto do final do treino, mostrando grande consistência ao longo das duas sessões.

Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP) assinou o quarto registo do dia apesar de breve saída de pista; o alemão está desejoso por compensar a desistência de Aragão. Em quinto ficou Valentino Rossi (Ducati Team), cujo salto na tabela de tempo foi inesperado e surgiu perto do fim do treino para o deixar a meio segundo do tempo. Atrás dele em sexto ficou Ben Spies (Yamaha) que vai tentar melhorar para a qualificação de amanhã depois de ter terminado a quase oito décimos do companheiro de equipa.

A sétima posição ficou a cargo de Casey Stoner (Repsol Honda), que pareceu estar forte no seu primeiro dia de pista após o regressão de lesão, isto apesar de ter ido várias vezes às boxes para rever a afinação da moto. Álvaro Bautista (San Carlo Honda Gresini) terminou o dia em oitavo e vai tentar melhorar amanhã enquanto continua a trabalhar com a suspensão Showa. Em nono ficou Cal Crutchlow (Tech 3) depois de uma sessão abaixo do que é habitual em si, enquanto Nicky Hayden (Ducati) completou a lista dos dez primeiros. O americano esteve bem apesar de estar a rodar com fractura no rádio direito.

O melhor CRT foi Aleix Espargaró, da Power Electronics Aspar, que esteve bem ao ultrapassar a queda da manhã. O seu companheiro de equipa Randy de Puniet sofreu queda no início da sessão, mas logrou voltar ao trabalho na segunda moto apesar de contusão no joelho esquerdo. Outros pilotos a irem ao chão foram Karel Abraham (Cardion AB Racing) e Yonny Hernandez (Avintia Blusens).

Tags:
MotoGP, 2012, AIRASIA GRAND PRIX OF JAPAN, FP2

Outras actualizações que o podem interessar ›