Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Kent dispara para a pole em Motegi

Danny Kent, da Red Bull KTM Ajo, disparou para a primeira pole da carreira naquela que foi uma excitante sessão de qualificação da Moto3™ no AirAsia Grande Prémio do Japão, batendo Maverick Viñales e Sandro Cortese.

Kent mostrou-se em grande forma ao longo da sessão, mas esperou até aos últimos segundos para conquistar a primeira pole da carreira com um tempo de 1m58,371s, batendo Maverick Viñales (Blusens Avintia) por mais de dois décimos de segundo. O espanhol também se apresentou forte em pista, tirando bom partido do recente upgrade do seu motor. O companheiro de equipa de Kent e líder do Campeonato Cortese não conseguiu melhorar o seu registo na última volta, ainda assim manteve-se na primeira linha da grelha.

A liderar a segunda linha está Zulfahmi Khairuddin (AirAsia-SIC-Ajo), que deverá estar desapontado por ter ficado fora dos três primeiros depois de ter apresentado prestação desse nível nas sessões anteriores. Alessandro Tonucci (Team Italia FMI) levou a cabo uma das melhores qualificações da carreira para terminar em quinto, enquanto Luis Salom (RW Racing GP) não deverá ter fica muito contente com o sexto posto.

A sétima posição da grelha ficou a cargo de Jonas Folger (Mapfre Aspar Team Moto3), que teve de parar por duas vezes devido a falha mecânica, a primeira por problema com o respirador do depósito de combustível. O resultado acabou por ser particularmente impressionante quando se tem em conta o pouco tempo de pista que o germânico teve ao longo da qualificação. Louis Rossi (Racing Team Germany) parte a seu lado em oitavo, enquanto Efrén Vázques (JHK t-shirt Laglisse) fecha a terceira linha.

Quem também teve problemas com a moto foi Romano Fenati (Team Italia FMI), que teve de esperar nas boxes durante algum tempo para trocar a embraiagem. Apesar de não se ter mostrado totalmente confortável em pista o jovem italiano logrou o décimo posto, mesmo à frente do português Miguel Oliveira (Estrella Galicia 0,0). Já Niklas Ajo (TT Motion Events Racing) foi o autor da única queda da sessão, se bem que saiu ileso do contratempo e logrou voltar ao trabalho.

Tags:
Moto3, 2012, QP

Outras actualizações que o podem interessar ›