Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Espargaró no topo, Márquez com problemas em FP1 em Phillip Island

Espargaró no topo, Márquez com problemas em FP1 em Phillip Island

Pol Espargaró, da Tuenti Movil HP 40, foi quem se deu melhor na primeira sessão de treinos livres da Moto2™ com vista ao AirAsia Grande Prémio da Austrália ao terminar à frente de Scott Radding e Tom Lüthi, enquanto Marc Márquez teve uma sessão repleta de problemas.

 

As condições mantiveram-se secas para a classe de Moto2™ e foi Espargaró quem se mostrou mais forte desde o primeiro momento ao assinar o melhor tempo da manhã em 1m34,785s, o que representou mais de meio segundo de vantagem sobre o rival mais próximo, Redding (Marc VDS Racing Team), que foi segundo. Tom Lüthi (Interwetten-Paddock) apresentou uma volta rápida no final do treino para terminar marginalmente atrás do britânico em terceiro.
 
O companheiro de equipa de Redding, Mika Kallio, esteve em bom plano durante a manhã terminando com a quarta marca, à frente de Mike Di Meglio (Kiefer Racing), que esteve algo fora do radar desde que se juntou à formação germânica. Quem deu continuidade ao recente bom momento de forma foi o homem da casa Anthony West aos comandos da sua máquina da QMMF Racing Speed Master; depois do pódio na Malásia o australiano voltou a terminar nos dez primeiros esta manhã, desta feita no seco.
 
Andrea Iannone (Speed Master), que nas últimas rondas tem estado algo apagado, deverá estar contente com o sétimo registo, à frente do compatriota Simone Corsi (Came IodaRacing Project). Randy Krummenacher (GP Team Switzerland) e o vencedor da última corrida, Alex de Angelis (NGM Mobile Forward Racing), completaram a lista dos dez primeiros. Registou-se uma queda durante a sessão: Ricky Cardús (Arguiñano Racing Team), que saiu ileso do incidente.
 
A manhã de Marc Márquez (Team CatalunyaCaixa Repsol) não correu bem com o piloto a não conseguir estabelecer um tempo devido ao que pareceram ser graves problemas com a moto. O espanhol só por três vezes saiu da box abortando as tentativas de imediato de todas as vezes. Mais rade descubriu-se que era um problema com conector eléctrico.
 
Enquanto isso, o brasileiro Eric Granado (JiR Moto2) rodou fora dos 107% ao apresentar um tempo de 1m42,142s, mais 7,347s que o primeiro, pelo que tem agora algum trabalho a fazer na próxima sessão.

Tags:
Moto2, 2012, AIRASIA AUSTRALIAN GRAND PRIX, FP1, Pol Espargaro

Outras actualizações que o podem interessar ›