Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Attack Performance regressa para rondas americanas do MotoGP™ com Blake Young

A formação americana Attack Performance confirmou que vai voltar a alinhar nas corridas americanas do MotoGP™ deste ano com o seu projecto APR CRT, enquanto wild card, desta feita com o norte-americano Blake Young.

 

O patrão da formação Richard Stanboli disse ao motogp.com que está actualmente a trabalhar para melhorara o chassis construído em casa e equipado com bloco Kawasaki, o mesmo com que alinhou no ano passado em Laguna Seca e Indianapolis com Steve Rapp. Foram duas jornadas complicadas para a formação de Huntington Beach, California, que não se qualificou para a primeira corrida e depois foi 14ª em Indy. Parte do que levou a isto foi a impossibilidade de testar os pneus Bridgestone antes do fim-de-semana — problema que não deverá ocorrer agora.
 
A recolha de dados das corridas anteriores está a ser usada no desenvolvimento da moto, que deverá rodar em pista ainda este mÊs e depois no Circuito das Américas em Fevereiro. A ECU da Magneti Marelli que vai ser usada esta época não é uma opção para as participações wild card, mas isto não é um contratempo para Stanboli, que comentou que a equipa está familiarizada com o software Marelli e com o Motec, pelo que vai continuar a usar o sistema Motec M1: "É uma ECU muito avançada e comparável à Marelli. Melhorámos uma série de estratégias desde o ano passado, pelo que não sentimos que a ECU seja uma desvantagem. Fizemos e vamos continuar a fazer alterações no chassis enquanto vamos continuar a testar mais até ao nosso primeiro evento em Austin.”
 
Young, de 25 anos e natural do Wisconsin, foi vice-Campeão AMA de Superbike em 2011 e 2012 e conta com significativa experiência nas pistas americanas, se bem que terá de aprender do zero a pista do COTA, assim como acostumar-se aos pneus Bridgestone e aos travões de carbono.
 

Tags:
MotoGP, 2013

Outras actualizações que o podem interessar ›