Compra de bilhetes
Compra de VideoPass

Queda agrava lesão no ombro de Spies

Ben Spies estava a recuperar de lesão no ombro quando o teste de Sepang desta semana teve início. O americano, que caiu neste mesmo traçado na corrida de 2012, revelou agora que a queda de quarta-feira provocou novos problemas.

 

Após ter alinhado nas duas últimas épocas do MotoGP™ ao serviço da Yamaha Factory Racing team, Spies corre pela Ignite Pramac Racing Team em 2013. O acidente que sofreu na quarta-feira na Curva 1 pode ter sido pequeno, mas os efeitos foram suficientemente fortes para obrigar o americano a deixar o circuito mais cedo para descansar.
 
“Cometi um pequeno erro ontem e fui com o ombro ao chão,” revelou numa entrevista de vídeo com o motogp.com. “Foi uma queda simples, mas afectou um pouco as minhas costas e o ombro, pelo que ontem tive alguns espasmos e não consegui rodar durante muito tempo.”
 
De volta à pista hoje, Spies terminou o dia em 14º, 16º da geral, meio segundo mais lento que o novo companheiro de equipa Andrea Iannone na Energy T.I. Pramac Racing Team. 
 
“Qualquer pessoa gostaria de estar um pouco mais à frente na tabela de tempo,” continuou. “Hoje recuperámos um pouco e fizemos algumas voltas, mas tive alguns problemas com a moto e perdi a última hora.”
 
“De forma geral, não foi muito mau e a nossa melhor volta foi conseguida com pneus velhos – o que é bom – mas gostávamos de ter sido mais rápidos. Para mim, neste momento, quero voltar a estar a 100% em termos físicos e conhecer a moto.”
 
Spies venceu uma só corrida de MotoGP™ até ao momento, o Dutch TT de Assen de 2011.

Tags:
MotoGP, 2013, Ben Spies, Pramac Racing Team

Outras actualizações que o podem interessar ›