Compra de bilhetes
VideoPass purchase

Crutchlow: "O pacote da Honda neste momento está mais forte"

Ele pode ter sido o mais rápido no último teste de pré-época, mas Cal Crutchlow não tem dúvidas que a Repsol Honda Team é a formação a bater numa altura em que o MotoGP™ está de malas feitas para partir para Losail para a primeira corrida do ano.

 

Crutchlow levou a melhor no último teste de três dias, colocando a Monster Yamaha Tech 3 na primeira posição e terminando à frente da dupla oficial da Yamaha Factory Racing. Apesar disso, ele está certo que Dani Pedrosa – que foi quarto, mas optou por não rodar no último dia – é o homem a bater.
 
“Fizemos bons tempos por volta e no final rodámos muito consistentes, fiquei contente,” explicou Crutchlow numa entrevista de vídeo ao motogp.com. “Sinto-me bem. É desapontante não fazer mais que 70 voltas ao longo de três dias, mas é bom estar a este ritmo e penso que estamos todos no mesmo barco.”
 
“Creio que de momento é muito complicado bater as Hondas do Dani e do Marc (Márquez). Penso que o pacote deles é mais forte. Sabemos que o Dani está muito confiante porque foi para casa hoje – ele está contente com a moto! Ainda estamos a trabalhar arduamente com a Yamaha, mas vamos ter uma grande batalha no Qatar.”
 
A campanha tem início com o Commercial Bank Grande Prémio do Qatar a 7 de Abril.

Tags:
MotoGP, 2013, Cal Crutchlow, Monster Yamaha Tech 3

Outras actualizações que o podem interessar ›